RSS

Arquivo mensal: agosto 2009

Arroz de Camarão, Provolone e Manjericão


Post rápido, receita rápida, visita ao blog rápido. A culpa? Construção em casa, eventos no final de semana e muitas atividades, como sempre.

Apesar disto, sempre dou um jeito de vir aqui matar meu vício de postar e falar sobre comida, e claro, manter contato com todos vocês.

Fiz para um domingo ensolarado e comemos olhando para o verde.

A receita é simples, e ótima para aproveitar restos de arroz, e fica muito boa, principalmente pelo queijo provolone, que por ter bastante personalidade, não ficou apagado pelo camarão sempre líder de sabor. Experimentem!

Receita (para 2):

4 xícaras grandes de arroz pronto
100 g de queijo provolone
300 g de camarão
1 xícara de molho de tomate pronto
3 colheres de sopa de manteiga
2 colheres de sopa de cebola ralada
1 colhere de chá de alho picado finamente
4 colheres de sopa de manjericão fresco
2 colheres de sopa de gergelim vermelho

Pique 70 g do provolone em cubos pequenos e rale o restante. Tempere o camarão com sal e pimenta do reino e grelhe com 1 colher de sopa de manteiga e uma de azeite. Reserve.

Leve ao fogo a manteiga e doure a cebola e o alho, acrescente o molho de tomate, o arroz, o camarão e o manjericão, até aquecer bem. Integre, então, o provolone em cubos. Imediatamente, desligue o fogo e tampe a panela, deixe por 1 minuto, para derreter levemente o queijo. Sirva a seguir, polvilhado com o restante do queijo ralado e o gergelim.

Bj a todos.

Anúncios
 
28 Comentários

Publicado por em 30/08/2009 em banquetes, camarões, ervas, prato principal, queijo

 

Fudgê de Chocolate com Avelãs


Para quem não sabe, fudgê é um doce com bastante chocolate em barra, geralmente meio-amargo (já vi versões com chocolate branco), leite condensado e alguma castanha. Derrete na boca, e é definitivamente para chocolovers. Simplesmente adorei esta denominação da nova campanha da Nestlé, e me identifiquei demais com ela, me acho mais amante de chocolate, do que chocólatra, que seria viciada em chocolate. Tenho verdadeira paixão por ele, e é recíproco, em todo lugar que vou, eu o vejo e ele pisca para para mim, hehehe…

Any way, esta receita era para levar para casa do meu irmão e tinha que ser rápida e de comer em pedaços, para beliscarmos em frente a TV nova dele.

Já havia feito uma receita bem parecida aqui, e é maravilhosa, mas queria inovar, então achei esta receita no maravilhoso Technicolor Kitchen, da talentosa Patrícia, estava ótimo, mas usei um recipiente grande para a quantidade e ficou um pouco fino, mas foi só este o problema. My mistake.

Da receita troquei as nozes por avelãs, porque nunca tinha visto fudgê com elas, deu certo.

Segue a receita:

2 xícaras (336g) de chocolate meio amargo picado ou em gotinhas
2/3 xícara (meia lata) de leite condensado
1 colher (sopa) de água
¾ xícara (90g) de nozes picadas (tostadas se preferir)usei avelãs tostadas
1 colher (chá) de baunilha

Forre uma assadeira com papel manteiga e unte levemente (se usar aquele papel com aspecto encerado, não precisa untar). Reserve.
Em uma tigela média refratária, misture o chocolate, o leite condensado e a água.

Leve ao microondas na potência alta (100%) por 1 minuto; mexa. Volte ao microondas por mais 1 minuto, mexendo a cada 30 segundos, ou pelo tempo suficiente para o chocolate derreter completamente e a mistura se tornar brilhante. Adicione as nozes e a baunilha.
Espalhe a mistura na forma preparada, espalhando bem até obter um retângulo de 22x15cm*, ou coloque o fudge às colheradas – 1 colher (chá) – sobre o papel manteiga.

Deixe esfriar e depois leve à geladeira por 30 minutos (ou até que esteja firme). Corte em quadradinhos de cerca de 3,5cm.

Rend.: 24 unidades

* usei a assadeira do forninho elétrico, que tem 27x15cm, espalhando bem o fudge – consegui 28 quadradinhos de cerca de 3cm

Bj a todos.

 

Tiras de Filé Oriental com Cenoura e Pimentão na Wok

Quando estivemos no Chile comemos uma carne com legumes crocantes, deliciosa, levemente picante, muito bem temperada e com um molho divino.

Chegando no Brasil, já fui providenciando a reprodução do prato, de acordo com o que me lembrava de cabeça e do paladar, mas como sou anciosa crônica, principalmente em se tratando de fazer receitas e comer iguarias, não esperei nem fazer compras e improvisei com o que tinha na geladeira, não ficou igual, alías nem parecida, vou ter que fazer de novo, mas ficou bem gostosa.

É uma receita facílima e muito rápida, boa para noites famistas e românticas (eita, ficou maliciosa esta frase, liga não, normal…)


Usei para 2:

400g de filé mignon cortado em tiras e temperado com pimenta do reino e pouco sal
1 cenoura grande cortada em rodelinhas finas
1 pimentão em quadrados
1 colher de sopa de cebola ralada
3 colheres de sopa de óleo de gergelim
1 colher de sopa de manteiga
6 colheres de sopa de shoyo light
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de chá de maisena
2 colheres de sopa de vinho branco
1 colher de café de tabasco
Gergelim torrado a gosto (usei umas 2 colheres de sopa)

Leve a uma panela wok ou frigideira grande, metade da manteiga e do óleo, refogue a cenoura e o pimentão, até ficar “al dente”. Reserve.

Coloque o restante da manteiga e do óleo, doure a cebola, frite o filé, acrescente os legumes, o shoyo, o açúcar, a maisena dissolvida no vinho e o tabasco e mexa até fazer um molho levemente cremoso. Jogue o gergelim por cima. Sirva fumegante…

Comemos com arroz branco e um Chardonay delicioso. E lembramos as férias em terras andinas, mesmo sem neve. Maravilha!!!

Bj a todos.

 
 

Sorvete de Mousse de Chocolate e Mel


Por aqui o calor não dá trégua, 30ºC é o normal, mas felizmente no fim da noite e durante a madrugada a temperatura fica mais gostosa. Consigo até dormir de manta.

O calor que falo aqui só me faz ter vontade de beber sucos naturais super gelados e sorvetes refrescantes. Não sou muito fã de sorvetes comercias, gosto de sorvetes diferentes, artesanais, do tipo italiano, cremoso e caseiros, claro.

Esta receita ficou MARAVILHOSA, mas é para o chocólatras, o gosto do chocolate é bem pronunciado, parece um mousse congelado, fica muuuito cremoso e sem cristais de gelo, tarefa difícil para quem não tem sorveteira. Aqui fica um truque que sempre uso, coloco 1 colher de vodka para cada receita. O sabor não aparece e os cristais não se formam.


*Receita: (6 porções)

1 barra de chocolate meio-amargo (170g)
2 ovos em temperatura ambiente
2 caixinhas de creme de leite
2 colheres de sopa de mel (usei 3)

Aqueça o creme de leite no microondas por 1 minuto e acrescente o chocolate em pedaços pequenos, deve ao micro por mais 1minuto. Mexa com um fuet até virar um creme grosso (ganache). Reserve,
Separe as gemas das claras. Passe as gemas por uma peneira e bata com um fuet até engrossar levemente, acrescente ao creme de chocolate.
Bata as claras em neve bem firme, juntando o mel aos poucos, até virar um merengue.
Misture ao creme de chocolate e gemas.
Coloquei em 6 ramequins, enchendo até a metade.

* Livro o Doce Brasileiro

Maravilha!!!


Além disto, inspirada em minha amiga virtual Gina, apresento para vocês, minha linda orquídea, que me surpreendeu semana passada com oito flores lindas, apesar de já ter dado 5 flores lindas em março. Foi uma linda e inesperada surpresa, já que não tenho mãos boas para flor, mas a natureza sempre que pode nos brinda com sua generosidade. Graças.

Dá uma olhadinha aí.

Bjka.

 
39 Comentários

Publicado por em 13/08/2009 em banquetes, doces, lanchinhos, sobremesas, sorvete

 

Comidinha de marido para o Dia dos Super Pais!!!!

Caríssimos:

Esta semana meu super marido me fez um jantar surpresa com um cardápio chiquérrimo e caprichado, uma bisteca com molho de ervas e laranja e um arroz com morangos e parmesão. Olha que legal!!! Adorei queridão.

Resolvi escolher esta receita pela data, porque tenho certeza que ele será UM SUPER PAI, assim como é um marido maravilhoso. É só ver o jeito que cuida a Bebel, é muito cuidadoso, carinhoso e preocupado, super fôfo de se ver.

Miltão, vamo que vamo, este ano ainda não deu, mas ano que vem seu Dia dos Pais vai ser diferente, com você sendo UM SUPER PAI, babão e querido.

Neste dia não posso, nunca, deixar de homenagem o MEU PAI. ELE FOI O MELHOR PAI DO MUNDO, e em meu coração vai ser sempre a pessoa mais linda, especial, generosa, iluminada, carinhosa e amada por mim. Apesar de ter ido muito cedo para companhia de Deus, aproveitei MUITO, MUITO, mas queria ter aproveitado MUUUITO MAIS.

PAI, daí onde você está, receba um SUPER BEIJO, UM ABRAÇO DAQUELES BEM APERTADOS que sempre nos dávamos, um super sorriso, meu eterno agradecimento e minha constante saudade. Muito obrigada por ter me ensinado tanta coisa que me orgulho de ser e até de ter, principalmente sua bondade, aceitação ao próximo, otimismo e alegria constantes.

Espera aí, que quando Deus quiser vou aí te rever. Combina com ele para você ser o primeiro a me receber. AMOR ETERNO, SEMPRE.

Este dia, como podem perceber, me deixa um bocado emotiva, mas não triste, Deus me deu o melhor pai do mundo, mesmo que por menos tempo do que desejava, agradeço demais por isto.

Todos os pais aí, PARABÉNS, aproveitem seu dia e deem muito amor, exemplo e atenção a seu filho, é o que eles vão se lembrar.

Agora que já estou com lágrima nos olhos, vamos a receita. Não tem receita certinha, até porque não fui em quem fiz.

Tempere a costela de porco com ervas como manjericão, alecrim, salsinha, pimenta do reinho preto, suco de 1 laranja, 1 colher de sobremesa de óleo de gergelim e deixe marinando por meia hora. Leve ao forno até ficar bem douradinho, por aproximadamente 1 hora a 240º C.

Para 2 xícaras de arroz integral , acresente 6 morangos bem picadinhos e 2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado por cima e aqueça no micro.

Très chic!!!!

Hoje comemoramos com a minha família, e o homenageado era o meu irmão, pois era o único pai por aqui. Foi feijoada e um pavê delicioso. Posto já, já…

Bj a todos.

 

Salada refrescante de morango, pêra, passas, castanhas, legumes, creme de atum e molho de mostarda

Para compensar o post anterior, SUPER CALÓRICO, um post curto e uma receita leve, saborosa e bem menos engordativa.

Estou tentando me controlar na comelança (lembram dos 6 kg a mais, pois é), por isso, sempre que o tempo sobra, faço uma saladona, bem substanciosa, com um molho caprichado e um suco de frutas natural. Ficamos devidamente satisfeitos, e a culpa passa longe.

Além disto, o calor aqui no Planalto está demais, só mesmo uma frescurinha desta para ficarmos felizes. E ficamos!


Esta receita fiz sem medir quantidades, com o que havia na geladeira, e ficou ótima.

Para o creme de atum: 1 lata de atum em pedaços na água, 2 colheres de sopa de creme de leite light, 1 colher de sopa de coentro e 1 colher de chá de sopa de cebola e 1 colher de chá de azeite. Misturei bem e levei ao freezer enquanto picava o resto da salada e fazia o molho.

Para a base: Usei algumas folhas de alface, pedaços pequenos de 1 pêra (pinguei limão) e 10 morangos, 1/2 beterraba, 1 tomate e 6 castanhas do pará.

Para o molho: 3 colheres de sopa de creme de leite, mostarda a gosto e uma colher de sopa de mel. Misturei com um fuet.

Coloquei o atum no meio do prato, arrumei os demais ingredientes e joguei o molho por cima.

Tomamos com um chá mate batido com limão e adoçante.

Deu 2 pratos grandes para os 2 lights (uhum) aqui de casa.

Bjs fresquinhos a todos.