RSS

Arquivo mensal: maio 2011

Xuxa e Pelé – A Sobremesa

 

O nome desta sobremesa é mesmo muito engraçado. Para começar, se você tem menos de 40 anos, talvez nem saiba que a Xuxa, no começo de sua carreira como modelo, antes mesmo de ser a rainha dos baixinhos, namorou o Pelé. Pois é, na época, era o exemplo pop do casal inter-racial, mais ou menos como é hoje a Heide Klum e o Seal. Por aí, vocês tiram o quando esta receita é antiga. Aprendi com a mãe de duas amigas de infância. E já devem ter percebido que ela é preta e branca.

É realmente uma das receitas que eu mais executei na vida, que mais as pessoas me pedem a receita, para eu fazer, e obviamente, a que mais comi também. Já comi tanto e tanto, que até enjoei um pouco. Não vou dizer que não como de jeito nenhum, mas se tiver outra, vou nela. Isto não a diminue em nada, ela é deliciosa…

Muitos são os motivos para repetí-la: é bem fácil, rápida, é feita com ingredientes que geralmente temos em casa e todo mundo adora. Sem contar que o povo cai na gargalhada com o nome inusitado.

Como esta receita me acompanha há anos, tenho um monte de estórias e de casos a respeito dela. Vou citar três por aqui, uma engraçada, com meu pai como protagonista, e as outras duas com uma amiga querida, que foi o motivo por eu ter escolhido esta receita para postar hoje. A Fátima, amiga do trabalho, nos deixou este mês, foi conhecer Deus e nos deixou aqui morrendo de saudades.

1ª: Comentário do meu pai (chocólatra), toda vez que comia esta sobremesa: -A Xuxa (o chantily) que me perdoe, mas o Pelé (a parte de chocolate) é muito mais gostoso. Kkkkk…

2ª: Um belo dia era aniversário da Fátima, e ela amava esta sobremesa, e eu fiz e levei para comemorarmos. Geralmente, cada um leva um prato ou bebida. No mesmo dia, aconteceu um fato (não foi morte) que impedia a comemoração de qualquer coisa, e ninguém levou nada. Ela nem se abalou: -Não quero nem saber, vamos comemorar assim mesmo, que não vou deixar de comer Xuxa e Pelé. E lá fomos nós em frente a sobremesa e 1 refrigerante para umas 15 pessoas, cantando parabéns bem baixinho, porque ela era muito gulosa e festeira e não ia perder a chance.

3ª: Passados uns 2 anos, eu já havia mudado de Departamento, a minha amiga Ana Paula, que estava grávida, me liga gargalhando e fala: – Téia, tenho uma da Fá para te contar, ela me falou que era para eu dizer que estava com desejo de Xuxa e Pelé, só para ela poder comer…Kkkkk….Cabeça gorda (mas era magra). Caí na gargalhada…

Então, gente, isto é para refletirmos como a comida faz parte de nossas vidas e estórias e nos faz lembrar pessoas que amamos e fatos que vivemos.

Fá, você deixou a gente aqui com um pedacinho do coração vazio, mas sua linda energia estará sempre em nós. Fica aqui minha singela homenagem a você que era tão doce quanto esta sobremesa. Quando eu chegar aí no céu (se Deus quiser) te faço um balde de Xuxa e Pelé e daremos muitas risadas juntas.

Que tal ir agora para a cozinha e fazer esta receita para alguém que você ama? Nunca sabemos quanto tempo estaremos com ela, não é mesmo?

Segue a receita (entre lágrimas)

Creme preto:

2 latas de leite condensado

8 colheres de sopa de chocolate em pó (pode ser Nescau ou similar, mas ficará mais doce)

4 gemas

2 latas de leite (medidas na lata de leite condensado)

1 colher de sopa de manteiga

Leve ao fogo de médio para baixo todos os ingredientes até soltar da panela e virar um mingau, sem parar de mexer. Como o chocolate não é instantâneo, sugiro aquecer meia lata de leite no microondas e acrescentar o chocolate para derreter. Reserve. Deixe esfriar.

Creme branco:

4 claras batidas em neve

4  colheres de açúcar refinado e peneirado

1 pitada de sal

1 lata de creme de leite sem soro ou 2 caixinhas

Bata as claras em neve, com a pitada de sal, e acrescente o açúcar aos poucos. Acrescente o creme de leite.

Coloque em uma vasilha ou bowl, o creme preto por baixo e o branco por cima. Enfeite com granulado ou com chocolate ralado. Dá uma receita grande, costumo colocar em 2 blows com tampa. Rende umas 6 porções em cada e deixo no congelador. Já ficou até durante um mês.

LEVE AO CONGELADOR. Não vira sorvete, fica levemente congelado, mas ainda bem cremoso. Retire uns 5 ou 10 minutinhos antes de servir. 

Bj grande a todos.

Téia.

Anúncios