RSS

Arquivo mensal: outubro 2011

Bombom de uva de travessa

 

Pessoal, esta receita é de uma pessoa muito querida, a Ana Cláudia, é bem simples de fazer, mas deliciosa. Foi feita por ela para um lindo encontro e depois repetida por mim há algum tempo. Finalmente posto aqui. Obrigada Ana.

É mesmo um bombom feito na travessa, e de forma bem mais rápida e prática, não leva nem 15 minutos e mais umas 2 horas no freezer, ou seja não há desculpa para não ter em sua casa uma sobremesa linda, gostosa e rápida.

Ah, se quiser substituir as uvas por morangos, com certeza vai ficar tão boa quanto.

Receita:

1 kg de uva thompson (sem caroços)

2 latas de  leite condensado

2 colheres de manteiga

1 lata de creme de leite com soro

1 tablete grande (170g) de chocolate meio amargo

Lave as uvas, seque e reserve.

Leve ao fogo as duas latas de leite condensado e a manteiga até o ponto de brigadeiro mole. Depois de frio junte as uvas delicadamente ao creme e coloque em uma travessa (guarde umas para enfeitar).

Leve ao microondas ou ao fogo bem baixinho a lata de creme de leite e o chocolate em pedaços por 1 minuto, mexa e depois mais 1 minuto até derreter o chocolate e  e ficarbem cremoso. Espere ficar morno e coloque por cima do creme de leite condensado e uvas. Enfeite com metades das uvas formando um cacho, como na foto. Coloquei umas folhinhas de hortelã e voilá, ficou lindão.

Leve a geladeira por 4 horas ou 2 no freezer.

Sobremesa totalmente do meu gosto…espero que seja do de vocês também. Caso façam me contem, ok?

Bj a todos.

Téia.

 

 

Anúncios
 
32 Comentários

Publicado por em 25/10/2011 em banquetes, chocolates, doces, sobremesas, uvas

 

Bolo de banana, aveia e avelãs

Hello people!!!

Olha, este bolo é  fofíssimo, meio natureba, super fácil, rápido, dá para variar até não poder mais, não é ilegal, não é imoral, mas como nada é perfeito, engorda, massssss, não se prendam por isso, vale cada caloria.

A base da receita é da Glau, a rainha dos bolos, e não leva farinha de trigo, nem manteiga, mas leva açúcar mascavo, e aveia no lugar da farinha, é mesmo mais saudável que a maioria dos bolos.

Tenho certeza que se você fizer vai virar o bolo de banana preferido da sua casa, aqui em casa aconteceu isso, e olha que tinha mais de 20 anos que o meu  preferido era este aqui.

Receita

6 bananas bem maduras prata ou nanica

3 xícaras de aveia em flocos finos

1 e 1/2 xícara de açúcar mascavo ou refinado

1 xícara de óleo

4 ovos

1 colher de sopa de fermento em pó

1 colher de sobremesa de baunilha

2 colheres de chá de canela

1/3 de xícara de avelãs descascadas e tostadas picadas grossamente

Eu coloco todos os ingredientes no liquidificador aos poucos e bato bem, por último, na mão, o fermento e as avelãs.

Leve ao forno pré-aquecido em 180 a 200º até o palito sair limpinho, mais ou menos 45 minutos.

Já fiz com chocolate picadinho, com castanha do pará no lugar da avelã e já fiz com açúcar refinado, todos ficam ótimos.

Bj a todos.

Téia.

 
3 Comentários

Publicado por em 15/10/2011 em avelãs, banana, bolos, café-da-manhã, lanchinhos

 

Festa Brega – As comidas

Algum tempo atrás fizemos uma festa brega na casa de amigos queridíssimos, com a presença de pessoas tão queridas e especiais quanto. Foi uma tremenda brincadeira, em todos os sentidos.

Eu metida que sou já fui apontando o que o coletivo e/ou o que a minha percepção entende por brega, sempre como uma forma de brincar com os padrões estabelecidos. A Culinária também segue tendências e as comidas caem de moda.

As vezes apenas um detalhe deixou a comida brega, por exemplo, o pavê fiz com a cobertura azul, e os docinhos em várias cores, estas cores são extravagantes e fora de contexto para festas adultas, mas ficam lindas em uma festa infantil.

Foi tudo descompromissado, mas ficou bem interessante no todo:

Cardápio:

Para petiscar:

Aqueles salgados de queijo, salsicha e azeitona espetadinhos no melão com papel alumínio, que  o povo costuma chamar de….Sacanagem…

Coxinhas e empadinhas, enroladinhos fritos de salsichas (momento Caco Antibes I).

Como prato principal: que ninguém me mate porque eu também adoro, estrogonofe de  filé, batata palha, arroz branco e claro, salpicão.

Sobremesas: Pavê de Ameixas com Chantily Azul, Docinhos de Leite em Pó Coloridos e, óbvio, cajuzinhos (momento Caco Antibes II).

Estava tudo ótimo, e serviu para lembrarmos como deixamos de lado comidas maravilhosas por puro modismo, ou só as servimos em nossos momentos  íntimos.

Quem disse que risoto é mais chique do que arroz de carreteiro? Frutas vermelhas são melhores do que ameixas e pêssegos? O Coletivo, claro, e nós vamos seguindo assim.

Pensem em uma festa super animada, com verdadeiros momentos felizes, alegres, de relaxamento e descontração. E que lavam nossa alma…

Escolhi o pavê de ameixas, para deixar aqui para vocês.

Receita:

Creme Amarelo

1 lata de leite condensado

2 latas de leite

2 colheres de sopa de amido de milho

1 colher de chá de baunilha

3 gemas sem película (coadas)

Leve ao fogo até ferver e virar um mingau

Doce de Ameixas

1 lata de ameixas em calda sem caroços

1 pouco de água (+ ou – 100 ml)

3 colheres de sopa de vinho do porto

Bata no liquidificador as ameixas em pedaços com a água e o vinho, até virar um purê

Chantilly Azul

3 claras batidas em neve com 3 colheres de sopa cheias de açúcar e algumas gotas de corante azul em gel, até alcançar a cor

Monte colocando uma camada do creme embaixo, uma camada de biscoitos maisena (1 pacote) sem molhar, uma de ameixa, mais biscoitos e por cima o chantily. Enfeite com confeitos coloridos e leve a geladeira por pelo menos 4 horas.

Bjs bregas a todos.

Téia.

 
5 Comentários

Publicado por em 09/10/2011 em amigos, doces, encontros, sobremesas, Uncategorized

 

Tags: