RSS

Arquivo mensal: janeiro 2009

Creme de Bacuri com Coulis de Morango

 

Creio que poucas pessoas conhecem esta maravilhosa fruta chamada bacuri, aqui no lado debaixo do Brasil, até porque é uma fruta típica do Norte, sendo também utilizada no Nordeste nos estados do Piauí e do Maranhão. 
 
A primeira vez que provei foi em forma de sorvete caseiro na casa de umas amigas piauienses, ainda adolescente. Foi paixão a primeira vista, não conseguia parar de comer….e anos se passaram…até que o super brother começou a trazer a polpa em pedaços do bacuri lá do Norte e pude reproduzir a receita assim meio na intuição.
 
É uma fruta extremamente aromática, lembra um pouco o cupuaçu, é azedinha, e as musses e cremes ficam muito macios pois sua polpa é carnuda e suculenta. Não é fruta para se comer pura, coisa que adoro, é para receitas, que adoro mais ainda, como vocês já sabem…hehehe…
 
Apresento a vocês, o Bacuri….
 
Resolvi fazer um coulis de morango para dar uma corzinha, e ficou uma boa mistura, mas é dispensável. Agora, que a foto fica melhor com esta cor, não há dúvidas. Aliás, quero deixar registrado aqui a minha implicância pelas comidas brancas e bejes, não fotografam bem, é uma tristeza…
 
Uma boa receita!
 
Já fiz tem um tempinho, mas o gosto ainda está na minha boca….
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
1 lata de polpa de bacuri
 
Bata por 5 minutos no processador, cuidado com o liquidificador porque a massa é pesada. Leve para gelar.
 
Sirva bem gelado.
 
1/2 caixa de morangos
1/2 copo de água
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de sopa de limão
 
Bata no liquidificador até ficar fininho.
 
Enfeite o creme com o coulis e o restante sirva à parte.
 
Exótico!!!
 
Bj a todos.
 
Téia.
 
 

Frango com Shiitake e Arroz com Vinho e Passas

 



Almocinho rápido de domingo, com pressa, com fome, 30 minutinhos, e tchanram…., pronto, já para a mesa…

 
Frango
 
4 filés grandes de peito de frango
Sal e pimenta a gosto
1 caixinha de creme de leite
1/2 cebola
2 colheres de sopa de manteiga
1/3 de xícara de caldo de frango pronto
1 xícara de cogumelo shiitake fresco picado em tiras grandes (sem talos e lavados)
1 colher de sopa de mostarda
1 colher de chá de mel
Cheiro verde a gosto
 
Tempere o frango com o sal e a pimenta e deixe pegar gosto enquanto faz o shiitake e o molho.
 
Frite a cebola na manteiga, acrescente o shiitake, tempere com sal e pimenta, até ficar macio. 
 
Acrescente o creme de leite e encorpore ao shiitake, a mostarda, o caldo,  o mel eacerte o sal.
 
Frite em fogo bem alto o frango com a outra colher de manteiga e um fio de azeite por 5 minutos cada lado.
 
Coloque o molho por cima do frango, jogue o cheiro verde picado e sirva com o arroz.
 
Arroz
 
2 xícaras de arroz pronto (usei integral)
1/3 xícara de uvas passas deixadas de molho por 10 minutos em 1/3 xícara de vinho aquecido.
 
Junte os três ingredientes e aqueça no fogo ou no micro-ondas (já na nova nomenclatura).
 
Bom Apetite!!!

Bj a todos.
 
Téia.
 
 
 

Mousse Light de Damascos com Calda

 

Oi queridos: 

Assim como a maioria eu também estou seguindo a onda…ano novo, vida nova… hora de pensar em emagrecer e na saúde que as festas nos fazem esquecer. 

Houve uma época que eu era a rainha dos lights e diets, vivia pensando em calorias e tentando ter uma vida mais saudável, tanto que pensei em ser nutricionista. Para falar a verdade, sempre tentei equilibrar as “comelanças” com saladas, frutas e produtos saudáveis, mas devo confessar que ano passado, a exceção das frutas que nunca abandono, as guloseimas estiveram mais em evidência. 

Esta receitinha será a primeira de algumas que estarão por aqui, contrabalanceando as demais bombas calóricas. Fica uma mousse cremosa, que agrada a maioria das pessoas, caso queira colocar numa fôrma e desenformar, dobre a quantidade de gelatina, mas a textura não fica tão boa. Quem avisa, amigo é… 

Tenho certeza que a maioria das pessoas não percebe que é light, assim como ninguém percebeu no Natal. 

Espero que gostem!!! 

Ingredientes: (8 porções)

Calda

    

meia xícara (chá) de damasco 
½ limão espremido  
1 colher (sopa) de sopa de açúcar light ou 2 de adoçante culinário
1 colher (chá) de amido de milho  

Mousse    

 

150 g de damasco  
 ½ envelope de gelatina em pó sem sabor (6g) 
 1 lata de Creme de Leite Light  
 3 claras em neve 
 4 colheres (sopa) de açúcar light ou 8 de adoçante culinário
1 colher (chá) de raspas de limão ou de laranja (opcional)

 

Cozinhe o damasco em duas xícaras (chá) de água até que o damasco esteja macio. Reserve. Junte à gelatina quatro colheres (sopa) de água e leve ao micro-ondas por 10 segundos. Junte ao damasco e bata no liqüidificador até obter um purê. Coloque esta mistura em uma tigela e incorpore delicadamente o Creme de Leite e por último as claras batidas em neve bem firme com o açúcar ou adoçante. Despeje a mousse em uma fôrma untada com óleo vegetal e leve à geladeira por aproximadamente 4 horas.

 

Prepare a calda. Coloque em uma panela o damasco com meia xícara (chá) de água e leve ao fogo até ferver. Retire do fogo e bata no liqüidificador com uma xícara (chá) de água. Junte o açúcar e o amido leve ao fogo até engrossar. Sirva a mousse acompanhada pela calda de damasco.


Fonte: Site da Nestlé, levemente adaptada por mim.

Bj a todos.

Téia.

 
34 Comentários

Publicado por em 14/01/2009 em banquetes, damascos, doces, lanchinhos, sobremesas

 

Filé com Queijo Coalho e Molho de Melado

 

Esta receita é daquelas que ficam martelando na sua cabeça por meses, aí você acaba fazendo e descobre o porquê de sonhar com elas. Daquelas adaptações e mistura da fantástica comida nordestinha com um super toque gourmet.

 
Esta delícia foi efetuada pela querida Katita do Rainhas do Lar. Segundo informação dela é criação da Morena Leite, ô meninas danadas…

 
Ela fica maravilhosa, é fácil, muuuito rápida e faz bonito. Acho que não levei nem meia hora para fazê-la para mim, marido e sogra.
 
Foi a primeira receita do ano, e vou contar: abri com chave-de-ouro. A mistura do queijo salgadinho levemente derretido, com o molho adocicado fica fantástica. 
 
Lá no site do Rainhas ela não dá a quantidade dos ingredientes, mas  para facilitar para vocês, seguem as proporções e quantidades. 
 
Ingredientes: (3 pessoas)
 
Filé
6 filés mignon cortados em medalhões, cada um com 150g aproximadamente
6 pedaços grandes de queijo coalho
Sal e pimenta do reino a gosto
1 colher de sopa de manteiga e 1 fio de azeite
 
Molho
150ml g de melado de cana ou 1 xícara e 1/2
500 ml de caldo de carne já preparado (dissolva 1 caldo e 1/2 de com 500ml de água)
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sobremesa de amido de milho
 
Leve ao fogo baixo o melaço e o caldo, sem o amido e deixe dar uma leve engrossada.
 
Enquanto isso, tempere os filés com sal e pimenta moída na hora, grelhe os filés em fogo alto, com 1 colher de sopa de manteiga e o azeite, selando-os por 3 a 4 minutos cada lado, ou a gosto. Acrescente o restante da manteiga, e um pouco do caldo de carne, uma colherinha de chá é suficiente, raspe o restinho da panela e acrescente ao molho que está no fogo.
 
Numa frigideira passe com um pincel um fio de azeite ou óleo de girassol e espalhe, coloque os pedaços de queijo e deixe grelhar até dourar dos dois lados. Reserve. 
 
Agora, coloque o amido no molho e fique mexendo por uns 5 minutos até engrossar. Faça os devidos acertos, engrossando com mais amido ou mais caldo de carne, de acordo com o ponto do molho que você goste de comer.
 
Coloque os filés em uma travessa, cubra com o queijo e leve ao forno pré-aquecido por 5 minutos e cubra como molho quente.
 
Já que o cardápio era tipicamente brasileiro servi com um arroz de castanha do pará, castanha brasileira para os estrangeiros, que meu irmão trouxe para mim do Norte, já cortada em lâminhas e salgadas, produto para exportação, naõ conhecia, claro, amei…
 
Agora, senta e agradeça a Deus, com tanto problema no mundo, por podermos comer uma comida nota 10 destas…
 
 
 
Bj a todos
 
24 Comentários

Publicado por em 10/01/2009 em banquetes, carnes, cozinha amiga, queijo

 

Torta Alemã da Mammy

 

 
Eu sei, eu sei, receitas de Torta Alemã são facilmente encontradas na net e nas cozinhas amigas.
 
Eu não tenho preferência pelos clássicos, porque adoro testar novas receitas e sabores diferentes, mas os respeito, porque a maioria das pessoas têm o paladar restrito, sinto isto pela maioria dos meus amigos, convives e familiares, não é a receita mais diferente ou original que faz sucesso, muito pelo contrário, é sempre a que eles já conhecem e estão acostumados.
 
Esta torta é o exemplo clássico de que mesmo o que já é conhecido pode ficar maravilhoso.
 
Quem me acompanha já sabe, mammy tem mãos de fada, e esta torta, todo mundo pede para ela fazer, (no Natal não podia faltar, né?), o pulo do gato é, definitivamente, o acréscimo das nozes que diminuem o recheio um pouco enjoativo devido ao excesso de manteiga, gemas, creme de leite e açúcar (e o colesterol, comemorando, uhuuu). E outra coisa que acho legal é que ela sempre decora lindamente a torta, o que não é usual para esta torta. Afinal, capricho nunca fez mal a ninguém…
Façam e depois me digam se não é de comer de joelhos?  Já fiz, é fácil, vamos lá, tentem…

  
Massa:

200g de manteiga sem sal (o tablete inteiro)
3 gemas sem película (favor coar)
2 lata de creme de leite sem soro (guardar o soro)
2 xícaras de açúcar

1 xícara de nozes moídas grosseiramente
1 pacote de biscoito maisena
 
Unte uma forma de fundo removível e forre a parte de baixo toda com o biscoito molhado no soro do creme de leite.
Leva à batedeira o açúcar e as gemas e bata por 3 minutos, acrescente a manteiga e bata até a mistura ficar esbranquiçada. Fora da batedeira acrescente o creme de leite com uma colher grande. Por último inclua as nozes delicadamente.
Jogue esta massa por cima dos biscoitos e cubra com o restante dos biscoitos que sobraram.
Leve ao freezer ou congelador até endurecer.
 
Calda:
2 xícaras de leite
1 colher de sopa de manteiga
8 colheres de sopa de chocolate em pó
2 colheres de sopa açúcar
Leve todos os ingredientes ao fogo brando até soltar da panela como em ponto de brigadeiro mole. Esperar ficar morna e empregar.
 
Retire a massa da fôrma e cubra com a calda morna. Enfeite a seu gosto, aqui usamos nozes e cereja. Mantenha na geladeira até servir. 
 
Caso faça de um dia para o outro, ou a transporte, coloque por uma hora no freezer e retire 10minutos antes de servir.
 
Ah, pode deixar a massa congelada por até uma semana. Faça a calda no dia.
 
Bj a todos.
 

Talharim ao Molho de Camarões e Creme de Tapioca com Coulis de Manga ou Calda de Nutella

 
 

Nosso Reveillon foi muuuito bom, sossegado, em casa, eu e marido. Minha família está toda viajando e resolvemos ser só ele e eu.

Menu prático e rápido.Talharim com Molho de Camarão e Erva-doce e de sobremesa um Creme de Tapioca com 2 molhos: coulis de manga ou molho de nutella.

A receita do talharim tenho há alguns anos, da época da Confraria dos Babetteiros, mas nunca tinha feito. Ficou maravilhosa, o marido tem uma semana que não fala de outra coisa…é bom quando a gente acerta…

O Creme de Tapioca veio da super diva Simone do Chocolatria, já os molhos foram um pouco de “invencionisse” dessa que vos escreve. Um Salton Demi-Sec para brindar e fomos felizes…  

Talharim

Ingredientes: 

350 g de talharim fresco (faz toda a diferença, não troque)

1 e 1/2 lata de pomodori pellati
1 colher de sopa de manteiga+1 fio de azeite
1/2 cebola picada
1 dente de alho
1 colher de sopa rasa de sementes de erva-doce
1 dose de conhaque
1/2 caixinha de creme de leite
450 g de camarões grandes
1 colher de chá de açúcar (pode colocar mais se quiser)
1 colher de chá de Tabasco ou molho de pimenta
Sal e pimenta do reino à gosto
Parmesão ralado na hora
 
Coloque a água para ferver, usei 2 litros.

Derreta o azeite com a manteiga, acrescente a cebola e doure, após o alho e os camarões. Quando estiverem dourados, flambê-os com o conhaque. Reserve.

Na mesma frigideira, acrescente o pomodori, corriga a acidez com 1 colher de chá de açúcar, tempere com sal, e pimenta do reino , acresencente o creme de leite. 

Coza a massa no tempo determinado pelo fabricante, no meu caso foram 3 minutos. Massa freca é rápida.

Retorne o camarão, acrescente a pasta já cozida e finalize com parmesão ralado.

Sirva em prato aquecido com pães. Eu servi com torradas e patê de tomate seco.

A receita do Creme de Tapioca, tirei daqui. Segui tal e qual, que não sou “besta” de mudar receita de profissional nota 10. Quer dizer, mudei a calda, mas era para aproveitar as mangas do quintal de casa.

 

Os molhos:

Coulie de Manga: usei 1 manga grande, bati com 1/2 xícara de água, 2 colheres de sopa de açúcar e 2 colher de sopa de limão. Bati no liquidificador, coei, gelei e coloquei por cima do creme. Levei à geladeira.

Calda de Nutella: 1 colher de sopa cheia de nutella, 2 colheres de sopa de creme de leite e 2 colheres de sopa de leite. Levei ao micro por 2 minutos, mechendo na metade do tempo, deixei amornar e coloquei por cima do creme. Levei à geladeira.

Servi em copinhos, (sou apaixonada por eles, muito antes dos blogs, mas agora mais ainda porque os danadinhos fotografam bem, confira nas fotos), e coloquei 2 colheres de chá ou de um ou de outro.

Rende muito, deu 12 copinhos e mais uma tigela, creio que se forem só copinhos, daria o dobro, ou seja 24 pequenas delícias. Passei o dia 1º comendo colheradas deste creme. Huuum….

Bj a todos.