RSS

Arquivo mensal: junho 2009

Bolo de Chocolate com Calda – 1 Ano do Banquetes e Lanchinhos – !!!!!


Queridos amigos, leitores, seguidores e blogueiros, hoje faz 1 ano que fiz a minha primeira postagem aqui neste cantinho que tanto amo.
 
 

Foram 92 postagens, 132 seguidores, uma média de 25 comentários por post, quase 50.000 visitas, então tenho que comemorar, muita labuta, risadas, novidades, experiência, amizades, palavras doces e incentivos.


 
O blog me trouxe só alegrias, não tenho um senão, nada de negativo para falar, mas principalmente duas questões foram mais latentes: fiz muitas amizades virtuais, e algumas se tornaram reais, e uma consequência, melhorei muito na cozinha, afinal, a prática leva a perfeição (nem tanto!).
 
 
Minha intenção é ficar por aqui muitos e muitos anos, espero conseguir, aqui eu tenho meu maior e mais querido hobby, minha verdadeira obsessão, que me alimenta o espírito, a alma e o estômago faminto.
 
Em breve faremos uma mudança de layout e vou tentar colocar algo mais além de receitas, como indicação de lugares para conhecer, ingredientes diferentes e dicas extras, tudo, lógico, ligado a gastronomia que é o tema deste blog.
 
Como eu provavelmente nunca vou ganhar um Oscar, ou um Grammy, vou agradecer a todo mundo que posso agora, uhauhauahauha…
 
Quero agradecer, muito, muito, muito, de coração, todas as visitas, comentários, seguidores que vêm ler e me ver por aqui, espero poder dar algumas idéias que enriqueçam suas mesas e alegrem seus bem-querer. Voltem sempre e levem minha melhor energia, um beijo grande e um abraço apertado quando sairem.
 
As (aos) minhas (meus) amigas (amigos) blogueiras (blogueiros) que estão aí na minha lista, muitas das quais era fã ardorosa mesmo antes de ter o blog, e aquelas que conheci ao longo deste ano, quero deixar bem claro que sempre que puder irei conhecê-los, como já fiz por aqui em Brasília, fica um lampejo de esperança de que vai acontecer, algum dia. Vocês já são meus amigos, mas nada substitui um olha-a-olho, uma linda voz e um sorriso de perto. Então, até já!!!
 
Àquelas que me ajudaram, inspiraram e prestigiaram, sendo fazendo minhas receitas ou me citando no seu blog, um cheiro especial: Super Tina (a primeira a falar sobre o blog e minha primeira ídola nos foods blog), a Diva Simone (fez um brownie daqui no meu niver e me mandou uma caixa surpresa linda de viver), a espetaculosa Josy, a querida Nana, a fôfa Luciana, a doce Mari, a sis Tamy (tô esperando a publicação da tapioca, em?), a cantora Bá, a pimentinha Bia, o Dig e a Bia (meus saudosos amigos “viajandões”) as bloguerias brasilienses lindas Glau, Lê, Lu, Mari, Tata, Sarinha, Thaty e Ana Paula (minha irmã do coração) valeu meninas.
 
E UM SUPER, HIPER, MAXI obrigada ao marido. Ele é o maior entusiasta e incentivador do blog. Fotógrafo talentoso e paciente, corretor ortográfico e crítico construtivo contribui com receitas e administra o blog junto comigo, é um verdadeiro braço direito. Thank you honey.
 
E encerrando, quero pedir desculpas por não conseguir responder, nem visitar a todos que vêm aqui e me seguem, eu tento ao máximo, mas após trabalhar 10 horas por dia, tomar conta da casa, marido, cachorro, malhar, fazer unha (não fico nem uma semana sem fazê-las), cozinhar, pegar trânsito, programas familiares, badalar e etc, nem sempre me sobra tempo ou disposição. Aos poucos, eu tento aparecer, deixar um oi, me incluir como seguidora, incluí-los na minha lista de favoritos, mas nem sempre consigo, tenham fé, um dia chego lá, enquanto isto, me perdoem. Ser perfeita não faz parte dos meus objetivos, mas posso tentar…
 
 
Para comemorar, um bolo, como não podia deixar de ser, receita da Si do Chocolatria e a cobertura do cupcake da Tina do Trem Bom, um bolo de chocolate fofíssimo e uma cobertura cremosa, uma mistura perfeita de duas pessoas que admiro e gosto demais. Só podia dar em uma receita maravilhosa.
 
 
Ingredientes: (Fiz meia receita)

400 g de farinha
250 g de açúcar refinado
100 g de açúcar mascavo
50 g de chocolate em pó (coloquei o chocolate completo)
2 colheres (sopa) de fermento
1 colher (sopa) de bicarbonato de sódio
1/2 colher (sopa) de sal
175 g de manteiga sem sal, derretida e fria
125 ml de óleo de milho (ou outro vegetal)
300 ml de água gelada
3 ovos
142 ml de creme de leite
1 colher (sopa) de extrato de baunilha
 
Modo de Fazer:
Pré-aqueça o forno a 180ºC. Em um recipiente grande, misture a farinha, os açúcares, o chocolate, o fermento, o bicarbonato e o sal. Em outro recipiente, misture os ovos, o creme de leite e a baunilha. Com uma batedeira, misture a manteiga derretida e o óleo de milho até que se misturem, em seguida adicione a água e os ingredientes secos. Misture devagar. Adicione a mistura com ovo, e misture novamente. Coloque na forma untada e polcilhada previamente, usei Asse o bolo por cerca de 45 minutos no forno a 180ºC e deixe que esfrie em sua forma por 15 min antes de retirá-lo.
 
Cobertura (Ganache):

65g açúcar
½ colher chá suco de limão
40ml água
150ml creme de leite fresco
200g chocolate ao leite, picado em pedacinhos

1/4de xícara de avelãs picadas grosseiramente para jogar por cima

Preparo do ganache:

Coloque o açúcar, suco de limão e água numa panelinha e leve ao fogo médio mexendo até o açúcar se dissolver. Depois deixe no fogo sem mexer por uns 3-4 minutos, até ficar com um caramelo. Retire do fogo, vá derramando o creme de leite aos poucos mexendo com um fouet para não talhar. Depois coloque o chocolate e leve de volta ao fogo mexendo sem parar até ficar homogêneo. Retire do fogo, deixe esfriar. Você pode deixar no fogo até ficar mais grosso para cobrir o bolinho com um saco de confeiteiro. Se preferir um pouco mais mole, so espalhe por cima com uma espátula e deixe endurecer. Jogue as avelãs por cima.

 

Bj a todos.
 

Tapioca Cremosa para comemorar o São João!

 

 
Esta semana fiz esta receita três vezes.
 
A idéia era atender a Liz uma amiga do trabalho que está gravidíssima e desejando a iguaria comumente servida nas festas juninas. Aí fiz na sexta passada e como houve um pequeno acidente aqui na frente de casa, me distraí e esqueci de levar. Tudo bem, comemos no final de semana.
 
Chegou domingo, não querendo correr o risco deste baby nascer com cara de tapioca, fiz de novo, e dobrei a receita, para o marido levar para uma festa junina no trabalho dele.
 
Enfim, o bom desta receita, como diz o título, é uma tapioca cremosa e saborosa devido ao leite de côco na massa e de levá-la ao fogo o que não é muito comum neste tipo de prato.
 
 
 
 
Segue a receita para 15 porções grandes
 
500g de tapioca em bolinhas
2 litros de leite integral quente
1 garrafa de 200ml de leite de côco quente
1 e 1/2 xícara de açúcar (ou a gosto)
1 pitada de sal
2 côcos frescos ralados (ou 2 pacotes pequenos de côco seco, molhado com um pouco de leite)
1/2 lata de leite condensado para jogar depois de pronta
 
Coloque a tapioca e o açúcar na panela que vai ao fogo, mas ainda não ligue, acrescente os leites e 1 1/2 côco ralado e leva ao fogo baixo até ferver, após ferver deixar por mais 5 minutos e tirar do fôgo. Deixar esfriar e levar à geladeira até ficar bem geladinha. Na hora de servir, jogar o restante do côco por cima e colocar o leite condensado por cima.
 
O marido fala que a tapioca é o motivo para comer o leite condensado. Será????
 
Bj a todos.
 
26 Comentários

Publicado por em 25/06/2009 em côco, doces, lanchinhos, sobremesas

 

Bebel – A Melhor Cachorra do Mundo

 

 

O Título é uma brincadeira com o livro e o filme Marley e Eu – A vida e o amor ao lado do Pior Cão do Mundo. Respeitado o devido exagero, afinal, nem cachorro perfeito existe, esta linda cadelinha da raça pastor branco suíço, faz hoje um ano que está conosco, nós a adotamos já com 7 meses porque nossa cadela de mesma raça havia morrido, com a mesma idade, e não dava para ter outro cão-bebê destruindo nossa casa nova, de novo. (Não adiantou muito!)
 
 
 
 
Ela veio do Acre, é filha do campeão mundial Fox Mulder, olha que chic, e foi muita sorte, porque só a conhecemos por foto. Ela é uma cachorra meiga, agarradíssima conosco, carente, e cheia de manias…
 
Tem mania de brincar de bolinha, aqui é igual ao Marley, se vocês leram ou viram o livro/filme, sabem que ele enlouquece com uma redondinha, pronto, é igualzinha, você joga e tem que repetir 20 vezes, aí, quando ela cansa, volta para dentro de casa e decreta o fim da brincadeira. 5 minutos depois ela volta e fica dando “fucinhada” e choramingando para recomeçarmos. Só tem um jeito, esconder a bolinha….
 
 
Outra peculariedade dela: eu e Miltão temos que ficar juntos, no mesmo espaço da casa, senão ela fica no meio do caminho ou então, fica um pouco com um e um pouco com outro. Política? Imagina!!!
 
Só gosta de passear se for comigo e o Miltão juntos, senão, vai se arrastando, olhando o tempo todo para trás…É uma comédia…
 
Ah, e como a “mãe” dela, ADORA ficar ao lado do fogão…Olha que foto fôfa…
 
 
É grudada conosco, parece uma sombra branca, pede carinho o tempo inteiro, senta na poltrona, no cantinho, no tapete que estiver mais perto de nós. Uma delícia!!!
 
Por estes motivos, até hoje não descobrimos quem ela tem como dono (cachorro geralmente escolhe apenas um dono), já tivemos várias conversas a esse respeito e não chegamos a nenhum consenso, ela demonstra gostar de nós e nos atende do mesmo jeito.
 
Adora castanhas, pinha, laranja, manga, amendoim, avelã, banana, côco seco e biscoitos caninos, mas não inventem legumes, nem pensar. Já comeu escondido/roubado pizza, bolo, queijos, frios, chocolate, MEU PÉ DE CAPIM-SANTO. A gente tem que ficar espertos…
 
Late pouquíssimo, só depois de uns 9 meses por aqui ouvimos o primeiro latido. É uma lady!!!! Olha aqui ela vigiando a casa…
 
 
 
Outra coisa, não pode ver a gente tomar banho, mesmo que seja à meia noite, fica pensando que vamos sair, (na maioria das vezes está certa), aí, começa a reclamação, sim cachorro também reclama, ela faz “hunf”, deita e faz cara de “gato de botas”, sabem aquele olhar pedindo carinho e atenção?
 
Solta pêlo na casa toda, adora fazer o que não deve no meu tapete chiquérrimo da sala, suja a casa com as patas cheias de terra, sobe na nossa cama escondido, já rasgou sofá, destruiu toda a nossa iluminação externa, mordeu meu celular novo, os controles do Wii, e mesmo assim é adorada/amada por todos, a real definição dela é: um doce!!!
 
 
Depois das duas pastoras, descobri que adoro cachorros, alías é uma nova paixão. Tenho vontade de ter um monte, mas é trabalhoso e caro, então, no máximo mais um para fazer companhia para ela. Minha mãe fica indignada com o tanto que eu mudei, porque eu tive um poodle quando era criança (12 aos) e não tinha a menor paciência com ele, tadinho, naquela época (cof, cof) era muito preguiçosa e ele era muito agitado e eu não dava a menor atenção, se fosse hoje, ia ser bem diferente…
 
Bebel é tratada melhor e com mais amor do que muita criança, tenho, alías, temos, por ela uma verdadeira afeição, de quem só tem e gosta de bichos entende. Fico louca para chegar em casa e dar um abraço e beijo nela, e dou. Ela retribui com muita alegria, pulos e chorinhos, meu coração se enche de felicidade…
 
 
Aqui vale a máxima, como quem não tem cão, caça com gato, quem não tem filho, caça com cão. UI!!
 
Olha se não é uma verdadeira fofura! Quem resiste a esse grude???
 

 
 
34 Comentários

Publicado por em 20/06/2009 em amor, bebel, fora da cozinha

 

Crepe com recheio de banana e calda de Nutella

 
Esta deveria ter sido a sobremesa do Dia dos Namorados que comemoramos aqui em casa, mas não rolou, estávamos cansados, já satisfeitos com o prato principal e esta imensa sobremesa nos pareceu um pouco demais.
 
Não é todo dia que é positivo comer muito no jantar e depois dormir, então optamos por uma sobremesa menor e mais leve.
 
Acabou virando a sobremesa do almoço do domingo seguinte, já que tinha os ingredientes em casa. Fica muito boa, maravilhosa mesmo. A massa tem o gostinho de limão e canela bem perceptível e o recheio, com estes ingredientes, nem precisa dizer que ficou ótimo. Possui aproximadamente 1.000 calorias por prato, mas no domingo, poooode….
 
Receita do crepe e do recheio vieram da revista Cláudia Cozinha e a calda foi inspirada no site Chocolatria. Não posso ver receita com Nutella que “tenho” que fazer.
 
Massa:
 

225 g de farinha de trigo

2 colheres de sopa de açúcar
2 ovos
450 ml de leite
1/2 colher de chá de canela em pó
casca de 1/2 limão ralado
1 colher de sopa de manteiga derretida
 
Misture a farinha com o açúcar, os ovos e a metade do leite, bata até formar uma pasta, aos poucos acrescente o leite restante, até formar uma massa. Junte a canela e a casca de limão.
 
Em uma frigideira de 21cm de diâmetro derreta um pouco de manteiga e despeje 1/4 de xícara da massa, gire rapidamente a frigideira para espalhar e deixe fritar um minuto de cada lado, ou até começar a dourar.
 
Recheio
6 bananas maduras
suco de 1 limão para jogar sobre as bananas para não escurecer
1 baga de cardamomo moído
2 colheres de sopa de manteiga
2 colheres de sopa de açúcar
 
Leve a uma frigideira a manteiga e o açúcar e deixe derreter, acrescente a banana e o cardamomo, frite por 1 minuto.
 
Calda de Nutella
 
1 pote de Nutella do pequeno
1/2 caixa de creme de leite
1/4 xícara de leite quente comum
1/4 de xícara de avelãs grosseiramente picadas
 
Leve ao micro ondas por 1 minuto na potência de 70%, ou até amolecer um pouco. Mexa com um fuet.Caso não fique no ponto que lhe agrade, acrescente mais leite quente.
 
Preencha o crepe com as bananas e jogue a calda por cima. Espalhe as avelãs picadas grosseiramente. Sirva com uma bola de sorvete.
 
Bj a todos.
 
Téia.
 

Quiche de tomate seco e manjericão

 
 

 
Receitas que adoro e que podemos sempre variar os recheios são as tortas e quiches. Qualquer coisa pode ser utilizada para deixá-las de cara nova.
 
Para esta quiche usei o tomate seco e o manjericão fresco.
 
Esta massa fica macia e derrete na boca. Pode ficar na geladeira envolvida em filme plástico por até 3 dias. O creme é macio e suave, fica uma verdadeira delícia.
 
A quiche francesa é tradicionalmente feita com o queijo ementhal, mas usei o gruière, que é primo dele, e uma pequena parte de mussarela, e a diferença no sabor é mínima. O que faz muita diferença é a qualidade do queijo e serví-la quente ou morna.
 
Vamos lá, é uma entrada ou prato para o lanche fina e saborosa.
 
Bj grande a todos.
 
Receita
 
 
 
Massa
 
250 g de farinha de trigo
125g de manteiga
1 pitada de sal
1 pitada de açúcar
1 gema sem película e batida
80 ml de água
 
Despejar a farinha em uma mesa ou em recipiente grande. Fazer uma cova no centro e lá colocar a manteiga, o sal, a gema e o açúcar. Trabalhar somente com as ponta dos dedos. Adicionar a água aos poucos até a massa ficar macia. Embrulhar em filme plástico e deixar crescer por 30 minuto na geladeira.
Abrir sobre uma fôrma redonda (22 cm) deixando a massa bem fininha. Furar com um garfo.
Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC para firmar um pouco. Leva uns 5 minutos.
 
Recheio
 
200g de queijo mussarela, ementhal ou gruiére ralados ou em pedaços pequenos
6 ovos
400g de creme de leite
sal e pimenta do reino à gosto
1 colher de café de noz-moscada ou à gosto
100g de tomate seco
1/2 xícara da manjericão picado (só as folhas)
 
Bater os ovos inteiros, adicionar o creme de leite e os temperos e mexer até ficar homogêneo.
 
A montagem é sempre assim: massa pré-assada, queijo, depois o sabor, neste caso o tomate seco e o manjericão e depois a mistura de ovos, creme e temperos.
 
Levar ao forno pré-aquecido e assar por 45 minutos aproximadamente em 180ºC.
 
Servir quente.
 
 
35 Comentários

Publicado por em 08/06/2009 em banquetes, lanchinhos, queijo, tomates

 

Torta de Morangos com Corações

 



Amigos, volto com uma torta feita para comemorar os nossos 10 anos de casamento. Fizemos uma pequena e simples recepção, com muito carinho, apenas para os padrinhos e família. Fiquei a semana toda trabalhando nela e por isso não consegui postar e muito menos visitar as cozinhas amigas.

Fiz de entrada uma mesa de frios, queijos, patês e frutas secas.
 
De prato principal o Loló de Camarão, o Filé com Queijo Coalho e Molho de Melado e com Molho de Cogumelos Funghi, Paris e Shiitake, arroz com amêndoas e salada quente.
 
De sobremesa, uma mesa de docinhos: nozes, trufa de canela com castanha, cereja e trufa de limão, mas a estrela da noite foi a torta de morangos (pelo menos para mim), com cobertura de pasta americana e cheia de corações. Sofremos para fazê-la, é difícil trabalhar com esta massa, mas para a primeira vez, ficou legal…
 
 
A festa foi feita a 6 mãos: eu, minha mãe e minha secretária, braço esquerdo e direito.
 
De lembrança muffins de chocolate, idéia da Glau que o fez para o niver do marido, embrulhada com a idéia da    Lê na festa das blogueiras.
 
Fiz ainda uns arranjos com flores do campos e gérberas, para variar, coloquei nos vasos os lindos limões do meu quintal. É uma idéia simples e barata, porém de efeito para uma festinha informal.
 
 
 
 
 
 
Aqui fica a foto e a receita da minha torta de morangos, com muitos corações, representando uma pequena parte do meu amor pelo Miltão, cheio de açúcar e afeto. Como dizia no cartão da lembrança: espero encontrá-los nos nossos 20 anos de aniversário.
 
 
 
Torta de Morangos
 
Pão de Ló
 
6 ovos
1 xícara de água fervente
2 xícaras de açúcar
2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de sobremesa de fermento em pó
1 colher de chá de extrato de baunilha
 
Bater na batedeira as 6 gemas e juntar a água as colheradas, até formar uma massafofa e volumosa, acrescentar o açúcar as colheradas. Desligar da batederia e misturar na mão a farinha e o fermento. Bater as claras em neve e acrescentar delicadamente. Levar ao forno pré-aquecido por aproximadamente 30 a 40 minutos em fogo brando, de 180 a 200ºC, em fôrma redonda de 30cm.
Esperar esfriar e cortar o bolo em 3 partes.
 
Recheio
 
1 lata de leite condensado
1 lata de leite de vaca
4 gemas coadas
1 colher cheia de sopa de maisena
2 colheres de chá de extrato de baunilha
1 lata de creme de leite sem soro
2 caixas de morangos
 
Cozinhar em fogo brando até engrossar e virar um mingau. Minha dica é misturas sempre com fuet, evita bolinhas. Acrescentar 1 lata de creme de leite sem soro, depois de frio.
 
Rechear o bolo com o creme frio e os morangos picados.
 
Para cobrir o bolo, comprei 2 pacotes de pasta americana, sendo que usei uma e meia para a parte branca e 1/2 pacote tingido de vermelho para os corações, feitos com cortadores de biscoitos.
 
Para grudar a massa ao bolo, e os corações a cobertura,usei doce de leite pastoso.
 
Um beijo a todos.
 
37 Comentários

Publicado por em 03/06/2009 em amor, aniversário, banquetes, morangos, tortas