RSS

Arquivo da categoria: limão

Cocada de Leite em Pó e Limão

Olá pessoal!!!

Apesar de já ter passado bastante tempo, vou postar aqui algumas receitas das sobremesas que eu fiz para o AnoNovo, afinal elas podem ser feitas em qualquer comemoração ou data.

Quase sempre que faço algum evento aqui em casa com muitas pessoas, prefiro montar uma mesa com vários docinhos de comer de colher, em potinhos pequenos ou de comer com as mãos.

É muito legal e extremamente prático , principalmente porque não fica aquele monte de louça e talheres para lavar depois, além disso, a mesa fica tão bonitinha pronta alí e o pessoal pode comer a toda hora, não precisa esperar o final da festa, já podemos ir comendo aos poucos. Acabei fazendo assim também, porque o Miltão sempre fala que é só servir a sobremesa que o pessoal já quer ir embora, então, não tem desculpa.

Sobremesas self-service é tudo de bom!!!!

Tenho por hábito também fazer umas plaquinhas de cartolina amarela com os nomes dos doces para não ter que ficar falando para cada um o está ali, geralmente o Miltão faz no computador, mas desta vez fiz a mão mesmo, ficou assim meio tosco desprentencioso, porque o pessoal era de casa, e deu tudo certo.

O que eu servi? Cocada de Leite Ninho e Limão, Mousse de Queijo com Calda de Goiabada, o sempre presente Brigadeiro de Capim Santo (o pé de capim santo continua lá, firme e forte), Palha Italiana e mamy trouxe os maravilhosos bombons de nozes dela (não estão nas fotos). Tive a idéia de enfeitar os docinhos com pequenas flores do campo amarelas e brancas, achei que ficou bem fofinho.

A receita de hoje, portanto, como podem ver pelo título, é a cocada de leite em pó e limão. Super recomendo, é tranquilísssima de fazer e daqueles docinhos que não dá vontade de parar de comer.

Receita

4 xícaras de leite em pó (usei Ninho)

1 côco ralado ou 100g de côco seco

6 xícaras de açúcar (sim, é muito, mas é preciso para cortar em pedaços)

1 xícara de leite

2 colheres de chá de fermento em pó

Raspas de Limão a gosto (usei as raspas superficiais de 2 limões taithis pequenos)

Levar tudo ao fogo médio e após ferver, em fogo baixo, até soltar da panela e ficar um cremão bem grosso. Desligue o fogo e bata com uma colher por uns 5 minutos, até ficar morno. Unte um tabuleiro com manteiga, coloque a cocada, nivele e deixe esfriar completamente. Corte em quadradinhos. Eu consegui,em quadrados pequenos, uns 30.

Bj grande.

Téia.

 

Pavê de limão e bis de limão

Olhem as camadas...

Caríssimos:

Hoje venho com uma receita super rápida, que usa poucos ingredientes, quase não suja utensílios e agradou muito no almoço na casa da minha mãe hoje, um pavê de limão com o novo bis de limão da Lacta, que, vale salientar, achei super gostoso.

Aliás, este almoço vale um outro post, pois o prato principal foi Cozido, um prato super apreciado no Nordeste, que eu simplesmente adoro. Aguardem queridos…

Outra vantagem desta receita é que levei 30 minutos para fazer e só precisou de 2 horas no freezer e voilá, é só comer.

Segue a receita:

2 latas de leite condensado

2 latas de creme de leite sem soro (reserve o soro para molhar o biscoito)

Suco de aproximadamente 4 limões grandes e a casca superficial de 2

1 pacote de biscoito maizena

1 pacote de bis de limão (acrescenta crocância, se não achar o de limão, use o branco ou até o de chocolate, mas não deixe de usar)

1 colher de sopa de rum ou conhaque (usei conhaque)

1/2 xícara do soro do creme de leite, se não guardar, ou usar caixinha, use leite integral

Bata no liquidificador o leite condensado, o creme de leite, o suco e as raspas de limão (guarde um pouco para enfeitar). Reserve.

Coloque 1/3 do creme em uma travessa, de preferêcia, de vidro, para vermos as camadas. Molhe os biscoitos levemente no leite com conhaque, o segredo é fazer de um em um e não deixar amolecer demais, é só encostar  no líquido e retirar no mesmo instante, fazendo uma camada. Por cima, coloque 1/3 dos biscoitos e 1/3 dos bis esfarelados grosseiramente. Faça as demais camadas, que serão 3 no total. Por cima, enfeite com o bis triturado, as raspas de limão reservadas e coloque umas folhinhas de hortelã.

Refrescância garantida!!!

UPDATE: Algumas pessoas tem reclamado que esta receita não fica tão legal pois o bis amolece. ENTÃO, REALMENTE GENTE, BISCOITO (SIM, O BIS É UM BISCOITO COBERTO DE CHOCOLATE) AMOLECE SE FICAR EM CONTATO COM INGREDIENTES ÚMIDOS POR MUITO TEMPO. SUGIRO FAZER NO MESMO DIA DE SERVIR, DE PREFERÊNCIA NO MÁXIMO 4 HORAS ANTES. FOI ASSIM NO DIA QUE EU FIZ. OUTRA COISA, CASO QUEIRA MAIS CROCÂNCIA, NÃO MOLHE O BISCOITO MAISENA. 

Agradeço aqueles que me avisaram…Valeu!!!

Bj a todos.

Téia.

 

Tags:

Sorvete light de capim-santo e limão

Queridos:

Pensem em sorvete refrescante, daqueles que mudam a temperatura do corpo. É este!!!

No calor absolutamente desértico que tem acometido Brasília, e pelo qual todos nós moradores estamos sofrendo, só consigo pensar em sobremesas assim. Até os meus maravilhosos chocolates belgas estão sendo deixados de lado.

Encontrei esta receita em uma lata de Creme de Leite Light e achei super legal a mistura de capim-santo e limão, pois adoro estes ingredientes, e para melhorar, os tenho plantados no meu jardim.

Então, estava eu tomando um solzinho hoje pela manhã, tinha acabado de dar um banho na Bebel (e tomado um junto com ela, já que ela se balança toda a cada 2 minutos e me molha) e o calor fez meu cérebro lembrar desta receita. Fui lá e fiz, é mesmo super rápido, uns 10 minutos, fora o tempo no freezer.  Ficou deliciosa, maravilhosa e até aliviou o desconforto.

Troquei um pouquinho as quantidades, a forma de fazer o capim-santo (na receita original pediam para fazer um chá e eu bati com um pouco de leite) e acrescentei vodka, aquela velha dica para evitar cristais de gelo.

Já tomamos tudo, imagina como fica RUIM!!!

Receita (4 porções)

1 lata de creme de leite light

1 lata de leite condesnado light

100 ml de leite desnatado

8 talos de capim-santo grandes

3 limões (raspas de 1 e suco dos demais)

2 colheres de sopa de vodka

Bata o capim-santo com o leite no liquidificador por uns 2 m. Coe e reserve. Bata todos os demais ingredientes no liquidificador e matade das raspas.

Leve ao freezer por 2 horas em recipiente de alumínio para agilizar o processo de solidificação.

Após este tempo, bata os pedaços do sorvete em uma batedeira por uns 5 a 10 minutos.

Leve novamente ao freezer por mais 2 horas. Jogue o restante das raspas por cima e sirva.

P.s: Vai por mim, dobre as quantidades, senão só vai dar para uma vez. Rá!

Bj fresquinho a todos.

 
15 Comentários

Publicado por em 12/10/2010 em doces, limão, sobremesas, sorvete, Uncategorized

 

Tags:

Frango ao Alho e Limão com Creme de Espinafre

Só para provar que por aqui também tem comidas salgadas e lights, segue aí, neste post super rápido, duas receitas, feitas no corre-corre, sem planos, para comermos com muita calma e sem culpa nenhuma.

Não lembro das quantidades exatas, mas vou tentar.

Frango

4 bifes de frango de 150 gramas cada
3 dentes de alho picadinhos

1/2 cebola picadinha

1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sopa de azeite
4 colheres de sopa de suco de limão

1 colher de chá de raspas de limão

Passe o alho e o suco de limão nos filés e deixe marinando por 30 minutos. Depois deste tempo, remova o alho e reserve. Em uma frigideira coloque a a manteiga e o azeite até aquecer, acrescente a cebola até ficar transparente e depois o alho, grelhe os bifes até ficarem douradinhos. Acresente as raspas de limão ao final.

Creme de Espinafre

3 xícaras de leite semidesnatado quente
1/2 cebola picada
2 colheres de sopa de farinha de trigo
2 colheres de sopa de manteiga ou margarina light
1 maço de espinafre picados e cozidos no vapor (só as folhas)
1/2 saquinho de caldo de legumes 0% de gordura derretido no leite quente
1/2 caixinha de creme de leite light (opcional)
1/2 coher de chá com noz moscada ralada na hora

pimenta do reino e sal a gosto

Derreta a manteiga, doure a cebola, acrescente a farinha e mexa até ficar dourada, vá colocando o leite quente com o caldo derretido aos poucos até virar um mingau. Acerte o sal, acrescente a noz moscada, a pimenta, o creme de leite e o espinafre.

Delícia.

Bj a todos.

 
29 Comentários

Publicado por em 23/10/2009 em espinafre, frango, limão, prato principal

 

Pavê de Limão aos Três Cremes: Mousse de Limão, Trufado de Chocolate Branco e Limão e Chantily de Requeijão

 

 

Povo querido, a correria aqui estas semanas estão grande. Motivo? Aniversário do marido e da minha mãe.

Para o marido, fizemos uma feijoada deliciosa e 7 sobremesas, só para 60 pessoas. Querem saber? Festa para mais de 25 pessoas não é festa, é operação de guerra, kkkkkkkk. Sério, parece que eu vim de uma guerra, cansada, muito cansada e com dor no corpo todo….(velha, eu?)

Foi muito divertido, animado, a comida agradou. Colocamos uma tenda lá fora, para ficarmos a vontade, com várias mesinhas. No mesmo espaço, Miltão fez um estúdio e tiramos muitas fotos dos convidados e dele, eu ocasionalmente apareci em algumas. Sim, já que o fotógrago era o aniversariante, eu tive que fazer as honras da casa neste quesito. Ficaram bem legais. O maridão fica tão feliz com as festas de aniversário que fazemos aqui, só vendo, um barato. ADORO AGRADÁ-LO!!!

Só um pequeno problema, foto das comidas, só tirei da mesa de sobremesa, e olhe lá, super corrida, a criançada não conseguiu esperar e invadiu a mesa, quase não chego nela, todo mundo querendo ver o que vinha e me perguntando o que era e tal… ô confusão. Uma boa idéia que sempre fazemos aqui em casa é colocar plaquinhas com o nome das sobremesas, se não, fico quase 10 minutos respondendo a todo mundo o que tem em cada uma, afff….e eu querendo comer, claro…Bmm, mas nem assim adiantou muito…

O niver da mamy será comemorado hoje a noite com bobó de camarão, kibe, tortas salgadas e doce e este pavê de limão, com creme trufado de baunilha com creme de requeijão. Como sempre, fiz uma mini porção para prová-lo antes e ficou ótimo. As três camadas aparecem bem, uma azedinha, uma bem docinha e o chantily levemente salgado.

Bem, para os mais queridos dos queridos, mamy e marido, tudo de bom, muita saúde, realizações e felicidade. Saibam que amo muuuuuuuuuuuuuuito vocês, e tenho orgulho de tê-los em minha vida. Aprendo todos os dias com vocês, que são tão especiais e queridos por todos. Bj grande da filha e esposa.

Segue a receita:

1ª camada:

2 tabletes de chocolate branco de 170g
3 gemas
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de chá de manteiga
1 lata de creme de leite sem soro
2 colheres de chá de limão ralado (meio limão)

Derreta o chocolate com o creme de leite e a manteiga e deixe esfriar. Bata as gemas com o açúcar até ficar branco e junte ao creme de chocolate. Reserve.

2ª camada

1 pote de requeijão cremoso
2 xícaras de chantily batido comprado pronto (usei o Amélia)
1 colher de sopa de baunilha
3 colheres de sopa de rum

Misture tudo delicadamente com um fouet e reserve.

3 ª camada

1 lata de leite condensado
1 caixinha de creme de leite gelado
Suco de 4 limões pequentos
Raspas de 1 limão e meio

Bata tudo no liquidificador e reserve.

Para montar:

1 pacote de biscoitos maisena
1/2 xícara de leite
1 colher de sopa de rum
1 colher de sopa de açúcar

Monte camadas dos cremes intercalados com biscoitos picados grosseiramente sem molhar e outra com biscoito molhado. Sirva bem gelado.

Bj a todos.

 

O Encontro Perfeito

 

Em pé, a partir da esquerda: Ana Paula, Catarina no colo, Letícia, Luciana, Sarinha,Thaty e Tata
Agachadas: Eu, Mari e Glau

 
Os respectivos blogs:
 
Ana Paula, do No Mundo de Catarina (só para convidados)
Letícia (Lê) do No Calor do Fogão
Luciana (Lu) do Cafezinho das Cinco
Sarinha do Princesa Urbana
Thaty do Mamãe no País da Alice (agora, só para convidados)
Tata e Mari do Les Sorcières Bistrô
Glau do Madames da Cozinha e Quintadoca
 
 Como vocês podem ver pela foto, ontem foi um dia muito especial!
 Realizamos aqui em casa o encontro entre blogueiras de Brasília, em sua maioria, de comidas, mas tivemos duas participantes que têm blog de suas filhas, mas que também adoram uma cozinha.
 
A iniciativa foi da Sarinha, mas eu já concordei e me ofereci para recebê-las, adoro ter pessoas que gosto aqui em casa. Não ia perder a oportunidade…
 
Foi maravilhoso, aliás, eu já esperava por isto, este “universo” dos blogs, como eu sempre falo por aqui, foi uma grata surpresa em minha vida, somos “fofoletes” (eu me incluo que não sou boba), sabe aquelas pessoas educadas, de bem com a vida, doces e atenciosas, então? Somos nós, rsss. Sério, são ótimas, adorei conhecê-las, recebê-las, demos muitas risadas, comemos muito, falamos à beça, valeu por 1 ano de terapia. 
 
É sempre muito bom fazer novos amigos, mas aqueles com que já nos correspondemos e temos afinidades é ainda melhor.
 
Tivemos muita comida fantástica, estavam deliciosas, sem excessão, todas muito caprichadas.
 
Teve presentes e lembranças para todos. Não falei que são umas fôfas???
 
Dr. Marido deu uma passada rápida na reunião para tirar fotos e comer um pouco de tudo. É dele a maioria das fotos, mas algumas são minhas.
 
Seguem as fotos da mesas e das receitas de cada.
 
Meninas, obrigada por tudo, um beijo grande a todas.
 
Uma panorâmica da mesa
 
 
 
Os deliciosos cinammon rolls (rolinhos de canela) da Lê
 
 
 Os especiais e saborosos bombons de salsicha e rocambole de doce de leite e côco da Lu
 
 
 
 
 
 
Os fantásticos croissants de queijo e chocolate da Tata, observem as peças verde e azul que os acomadam, ela também o fez, é uma ceramista de primeira
 
 
 
 
 
 
Os delicados biscoitos amanteigados cobertos com chocolate, que derretem na boca, da Sarinha
 
 
 
As lindas fingers foods: salmão coberto com tapennade e os tomates cereja com muçarela de búfala e manjericão da Mari
 
 
 
 
O aromático e fôfo pão de ervas e a sardella da Thaty
 
 
 
A perfumada e doce torta de maçã da Glau
 
 
 
Os fofinhos e delicados muffins de banana com cobertura de amêndoas e farofinha que a Glau e Sarinha fizeram juntas 
 
As minhas produções: A quiche de tomate seco com manjericão, a cocada de limão e gengibre e a bebida de chocolate e especiarias (inspirada no Maya Shot da tudo de bom Si do Chocolatria)
 
 
 
 
 
Os presentes que todos receberam
 
Os biscoitos amanteigados com praliné de castanha da Lê, olha o detalhe das florezinhas, e veio acompanhado de um cortador de biscoitos
 
Os sachês de bolso com cheirinho de bebê que eu ofereci as minhas convidadas
 
 
Os presentes que eu recebi
 
Da Sarinha, uns lírios amaraelos lindos e que perfumaram a sala toda
 
 
 
Da Glau, gergelim vermelho e funcho da Bombay e as mimosas flores de tecido (ela vende no Quintadoca) que já coloquei em um vaso na minha amada cozinha com folhas do meu limoeiro
 
 
 
 

 
Entre as receitas que fiz escolhi para postar aqui, pela cor e por ter agradado, foi a cocada de limão e gengibre, inspirada em uma receita do Rainhas do Lar, que alterei um bucadinho.
 
Olha a cor amarelinha dela, linda, não é?
 
 
Ingredientes:
 
2 latas de leite condensado
1 lata de côco fresco (pode ser seco também)
1 lata de leite comum
Raspas de 1 limão
2 colheres de chá de gengibre ralado
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sobremesa de maisena
3 colheres de sopa de côco flocado queimado(pode ser do comum)
 
Leve ao fogo todos os ingredientes até o ponto de brigadeiro mole e cubra com o côco flocado queimado até dourar em frigideira.
  
O post foi grande porque havia muita coisa linda e deliciosa e queria que vocês conhececem. (levei 3 horas para postar, só para terem uma idéia)
 
GOSTARIA MUITO QUE TODAS OS DONOS DE BLOGS DA MINHA LISTA ESTIVESSEM AQUI TAMBÉM.  
 
Abraço grande a todos.
 
 

Bolo Triplo de Limão depois de um dia doce

 

 

Após um dia tão lindo quanto o Dia das Mães, esta receita de limão bem azedinha, por ter o limão três vezes, nem seria apropriada, masss, como eu não sou chegada a estes detalhes, resolvi postar este lindo bolo, cujas fotos eu tirei, e não o maridão, e que é muito fofinho e refrescante.

Conselho? Não exclua a cobertura, ela complementa totalmente o bolo e não leva nem 2 minutos para ser feita. Já que ajoelhou, agora reza…
 
Não sei se já perceberam, não sou muito de fazer e nem de comer bolos. Aqui no blog, por exemplo, só tem 4, sendo um deles um muffin, os famosos bolinhos, e uma torta, mas os limões do meu jardim estão lindos e muitos, então, no final de semana tive que usar a imaginação, fiz cocada com limão, mousse de limão e limonada, depois virão as receitas…e o bolo ficou ótimo…enjoy…
 
Peço desculpas pelo sumiço, para variar uma virose me tirou o ânimo, mas já estou de volta.
 
Aproveito e desejo sempre o melhor para todas as mães que me visitam, um abraço quentinho e um beijo estalado em todas.
 
 
Ingredientes
 
2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de acúcar
150g de manteiga
4 ovos
1/4 de xícara de suco de limão
1/2 xícara de leite
1 colher de sobremesa de raspas de limão sem a parte branca
1 colher de sobremesa de fermento em pó
 
Bata na batedeira  as gemas, a manteiga e o açúcar até ficar clarinho, acrescente a farinha e intercale com o limão e o leite até ficar homogêneo. Desligue a batedeira e acrescente as raspas e o fermento. Bata as claras em neve e acerscente delicadamente à massa.
 
Coloque em uma fôrma untada e esfarinhada grande e leve ao forno pré-aquecido por 30 a 40 minutos, dependendo do forno, até o palito sair limpo. Espere esfriar e desenforme. Jogue a cobertura.
 
Cobertura:
1/2 lata de leite condensado
1/4 de lata de suco de limão ou a gosto
1 colher de chá de raspas de limão
 
Coloque os ingredientes em uma recipente fundo e  mexa com um fuet (batedor) até ficar cremoso. Jogue sobre o bolo e enfeite com as raspas. 
 
Azedinho…hummm…
 
36 Comentários

Publicado por em 12/05/2009 em bolos, café-da-manhã, doces, lanchinhos, limão

 

Téia no Correio Brasiliense

 

Sábado passado participei de uma matéria do Correio Brasiliense, o jornal mais lido de Brasília, em uma coluna intitulada TESTE BRASÍLIA, fazendo uma desgustação de Café com Estilo, ou seja, aqueles cafés especiais que lembram drinks requintados. 

 Logicamente queria começar agradecendo a equipe do Jornal que descobriu o blog e me contactou: a Mariana Ceratti, a Gabriela Almeida e o Tiago Faria. Pessoal, muito obrigada, foi uma experiência deliciosa, prazerosa e única.
 
Fomos eu, mais duas degustadoras, o Tiago que é o repórter, a fotógrafra Zuleika e o motorista (não sei o nome dele) em uma van, e experimentamos 12 drinks. Sim,  12. Com direito ainda a um pães de queijos providenciais para quebrar um pouco o doce das bebidas. Deus existe!
 
Os estabelecimentos visitados foram, na sequência: Café à Capella, Grenat Cafés Especiais e La Parra Café. Fomos muito bem recebidos em todos os lugares. Agradeço a todos também.
 
Bem, a minha opinião é a seguinte: os três são super recomendáveis, os cafés estavam bem executados, o atendimento ótimo e o ambiente caprichado.
 
O que vai diferenciar é o que cada pessoa quer naquele momento ou o seu gosto pessoal por este ou aquele tipo de café e suas misturas.
 
O Café à Capella tem um ambiente informal, tipo bistrô, aberto e clean. As meninas e eu entendemos que era o melhor lugar para um café-da-manhã, tocava uma musica clássica deliciosa e eles arrasaram no Café com Paçoquinha, delicioso. O cardápio de comidas é o melhor de todos, com opções tradicionais como pães e sanduíches e com o adicional de cuscuz, aqueles de milho, não o marroquino de semolina, e as tapiocas, ambos com recheios diversos. Tivemos um barista explicando a origem e as espécies de cafés, bem interessante.
 
Já o ambiente mais requintado e romântico é o do Grenat Cafés Especiais, pretendo levar o marido lá um dia, achei o atendimento deles muito bom. Os cafés, estavam excelentes e seu cardápio foi o que mais me agradou, pela sua variedade e originalidade. Amei todos, o smothie de café com banana era o mais diferente, o de avelãs parecia um sorvete e o de creme de limão flambado com Contreau a mistura mais inusitada. Os proprietários nos deram muitas explicações e foram muito atenciosos. Logo na entrada percebi um diferencial, e avisei ao Tiago, eles vendem cafeteiras, máquinas de capuccino, xícaras, jarras, produtos para barista e até produtos de beleza com café, cremes, sabonetes, shampoos e condicionadores, em embalagens lindas.
 
O La Parra Café fica em um shooping e tem uma proposta mais descontraída, sem deixar de lado a qualidade e o excelente atendimento (a gerente é uma simpatia), e a rapidez, foi o único a trazer todos os drinks quase ao mesmo tempo, e não esperamos nem 10 minutos para 4 drinks feitos um por um. Achei interessante que o quarto nós não havíamos pedido, era um com morangos, ela ouviu a gente comentando que seria interessante e nos trouxe. Muito atenciosa, não é mesmo? Ah, aqui provamos cafés especiais com coco, nutella, morango e limão, todos ótimos, mas o melhor de todos, que foi unanimidade foi o Fresquíssimo: café, limão, gengibre e sorvete, fantástico.
 
Como disse o Tiago na matéria, falando em meu nome: foi a descoberta mais surpreendente do dia, este de limão é um dos cafés mais diferentes que provei na minha vida e definitivamente, cheguei a conclusão de que gosto mesmo é de café gelado. 
 
Bem, conforme havia prometido ao Tiago, tentei fazer o Fresquíssimo aqui em casa. Claro que sem a receita não ficou igual, mas ficou bem próximo. Gostamos.
 
Comentário do marido: foi pouco!!! Detalhe, olha o “tamanhozinho” da taça que estava o drink, aquelas enormes de vinho tinto.
 
Taí a minha contribuição como cozinheira nessa “aventura gastronômica”.
 
Fresquíssimo by Téia
 
3 bolas de sorvete de creme
1 limão pequeno (todo o suco e metade de raspas) 
1 xícara de leite integral
3 colheres de sopa de capuccino pronto (achei que assim o café ficaria mais cremoso)
 
Bata em um mixer, ou se não tiver, como eu, bata com o fuet em vasilha um pouco maior, se bater no liquidificador a bebida não vai ficar cremosa. Sirva imediatamente. 
 
Endereços:
 
Café à Capella – 109 Norte Bloco A loja 20 – fone 3965-5152
Grenat Cafés Especiais – 201 Sul Bloco A loja 5 – fone 3322-0061 
La Parra Café – Alameda Shopping 1º subsolo – Taquatinga – fone 3352-1908
 
21 Comentários

Publicado por em 14/02/2009 em banquetes, bebidas, café, fora da cozinha, limão

 

Sopa de mamão ao molho de limão

O desafio da quinzena do Colher de Tacho tem como rei o Mamão.

Tema difícil, viu, amigas Valentina, Laila e Mike, a maioria das cozinhas amigas, tiverem dificuldade para participar, mas deram um jeito e fizeram coisas maravilhosas. Claro, que esta é a idéia, se não, não seria desafio. Não é reclamação é só para brincar com elas.

Acho que a dificuldade é que o mamão tem um sabor maravilhoso, mas sutil, o que dificulta a mistura de sabores e grandes inovações.

Ao fazer esta receita, tentei colocar leite de côco, côco ralado, gengibre, canela e todos mascararam o gosto do mamão, mas finalmente, com ingredientes simples acabamos gostando aqui em casa.

Aí fiz duas porções, porque mamão batido amarga rápido, coloquei uma na geladeira e outra no freezer porque queria uma mais gelada e a cara metade estava gripado não podia.

Ah, detalhe, desde segunda-feira eu estava de pé engessado, hoje graças já tirei, então o meu centro de equilíbrio estava bem comprometido. Então, fui tirar do freezer e plá, caiu no chão e sujou tudo…paguei aquele mico…e ainda, tive que dividir unzinho com o marido. KKKKK….

Well, vamos a receita.

Ingredientes:

Sopa de mamão

2 mamãos papayas
1 xícara de água gelada
4 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de suco de limão

Bata no liquidificador todos os ingredientes.

Molho de limão

1/2 lata de leite condensado
1/2 caixinha de creme de leite
Suco de 1 limão
1 colher de sopa de raspas de limão

Bata todos os ingredientes com um batedor manual.

Coloque um pouco de molho no fundo de um prato ou taça, jogue a sopa e acrescente o molho por cima, passe um palito para misturar os dois. Leve a geladeira por no mínimo 1 hora e sirva.

Servi com um espetinho de mamão passado em côco ralado e um pouco do molho à parte.
 

Creme de manga com limão

Esta é a minha primeira participação em desafios.
A talentosa Simone do blog Chocolatria, está promovendo o evento “Música e Comida”. Pensei: que combinação que dá certo, cozinhar e comer ouvindo música ao mesmo tempo é essencial. Além disto, como a música nos faz viajar no tempo e no espaço dá para criar muito.
Seguem as explicações! Aqui em casa temos uma mangueira que dá frutas ótimas, docinhas, suculentas, só que já tem vários meses que elas não dão o ar de sua graça. (Na verdade, estão fora de safra). Como estava acostumumada a tê-las por perto para um suquinho ou um docinho, acabei ficando viciada, e tinha uns dez dias que eu ficava pensando em comprá-las para fazer esta receita que aqui lhes apresento. O engraçado é que, toda vez que me dava esta vontade, me vinha à cabeça uma música super antiga, genuinamente nacional, que tocava lá nos idos dos anos 80. E ficava pensativa, com um sorrisinho na boca, com lembranças da minha adolescência…
Estas lembranças são da mesma época que a música, quando ela tocava nos bares e nas rádios de Macéio onde passei diversos verões nas casas das tias Marlene e Marilene, irmãs, que nem são minhas tias, na verdade são minhas primas de segundo grau, mas devido a diferença de idade entre nós, e de filhos com a mesma idade minha, acabaram virando tias mesmo. Uma coisa que sempre era comum, ano após ano, era como comíamos naquelas casas, e muito, e bem, porque minha família é chegada em um banquete. E elas cozinhavam com amor, para agradar mesmo. Acho que todos nós da família somos assim. Aprendi direitinho… Além dos pratos elaborados, me lembro de comermos manga de “baciada” nos quintais de suas casas. Uma ia descanscando e as outras comendo, e o papo rolando…E mais uma vez aparecem as mangas.
Elas, juntamente com meus queridos primos, fizerem destes momentos, um dos melhores e mais alegres da minha vida, até hoje, ou principalmente hoje, passados mais de 20 anos, sinto falta das nossas risadas, conversas, passeios de windsurf, de lancha, de carro, enfim, tudo o que aqui em Brasília não encontrávamos, tendo a praia como companhia. Agradeço muita a hospitalidade e as “paparicações” de todos eles.
Bem, vamos a música:
Da manga rosa quero o gosto e o sumo
Melão maduro, sapoti, joá
Jaboticaba teu olhar noturno
Beijo travoso de umbú-cajá
Pele macia ai carne de cajú
Saliva doce, doce mel, mel de urucú
Linda morena fruta de vez temporana
Caldo de cana caiana, vou te desfrutar
Morena tropicana eu quero teu sabor
Oi, oi, oi, oi!
Morena tropicana eu quero teu sabor
Oi, oi, oi, oi!
Morena tropicana eu quero teu sabor
Oi, oi, oi, oi!
Morena tropicana eu quero teu sabor
Oi, oi, oi, oi! “
Segue a receita, tão singela quanto a música, tão gostosa como aquelas férias e tão fácil quanto nossos tempos adolecentes. Fica aqui minha homenagem a todas as tias, mães e parentes que nos inspiram a fazer da comida um agrado e um grande prazer, seja cozinhando ou comendo.
Ingredientes:
3 mangas (usei haden)
1 caixinha de creme de leite gelado
meia xícara de açúcar
meio limão espremido
1 colher de sopa de raspas de limão
Corte em pedaços a manga e leve ao congelador ou freezer por 2 horas. Quando estiver quase congeladas, bata-as no liquidificador com o creme de leite, o suco e as raspas de limão e o açúcar. Vira um creme aveludado e com uma cor linda. Matei minha vontade e minhas saudades.
Enfeitei com um pouco das raspas do limão e com as cascas das mangas, simulando folhinhas. Como ela é multicolorida, deu para fazer de três cores: amarela, vermelho e verde.
Desfrutem!
Bj a todos.
Téia.