RSS

Arquivo da categoria: bolos

Nota

Amigos queridos:

Mesmo após 2 meses sem postar, as estatísticas do blog me avisam que ainda recebo centenas, e até milhares de visitas diárias. Isto me lembra que tenho pessoas que me são fiéis e que devo voltar aqui para postar e retribuir o carinho. Carrego uma pequena culpa por não vir tanto quanto gostaria.

É uma grande pena, não ter tempo ou disposição para vir sempre aqui. Minha vida está cada vez mais corrida e apesar disso tenho cozinhado um bocado, mas com poucas novidades, além disto, quase sempre é para receber amigos e família, e na confusão das reuniões, acabamos esquecendo de fotografar. Fazer comida, nem sempre gera um post pois tem que ser especial.

Enfim, queria agradecer demais as pessoas lindas e pacientes que vêm me visitar e pelas as quais tenho muita gratidão.

Prometo me esforçar mais e vir aqui deixar uma receita ou dica para vocês.

Resolvi voltar hoje porque tenho uma receita bem legal: um bolo de aniversário de chocolate. Uma idéia simples, recheado de doce de leite e  nozes e coberto de chocolate, mas feito com carinho para uma amiga/irmã muito querida e amada, que é minha leitora assídua, a  Bia, em seu aniversário semana passada.

Esta receita deu super certo, e quem fez foi minha super secretária, eu só dei a ideia do recheio e a cobertura, esta sim eu fiz. A decoração também foi minha. Usei xerém de castanha de caju, granulado de bolinha e uns bombons que ganhei na Páscoa.

Uma dica: dá para fazer só a receita do bolo e comer purinho, vai ficar muito bom com um café.

Vamos a receita:

Bolo de chocolate

3  xícaras de farinha de trigo

2 xícaras de açúcar

1 xícara de óleo de milho ou canola

1 xícara de chocolate em pó

3 ovos

1 colher de sopa de fermento em pó

Bata tudo na batedeira e no final o fermento em pó. Leve ao forno pré-aquecido a 200º C, em forma untada e esfarinhada entre 40 e 45 minutos. Faça o teste do palito, se sair seco está pronto. Deixe esfriar completamente e corte ao meio.

Recheio

1 lata de leite condensado cozido por 50 minutos depois de apitar

1/2 xícara de nozes (era o que tinha em casa)

Misture os ingredientes e recheie o bolo.

Cobertura

1/2 barra de chocolate meio amargo

1/2 barra de chocolate tipo diamante negro

1 colher de sopa de cacau em pó

1 caixinha de creme de leite

1/2 lata de leite condensado

Levei todos os ingredientes ao microondas e fui verificando a cada minutos até derreter o chocolate e ficar cremoso.Creio que levou uns 3 minutos. Veja como ficará no seu. Espere esfriar e cubra o bolo.

Para enfeitar:

1/4 de xícara de granulado de bolinha

1/2 xícara de xerém de castanha de cajú

2 bombons de chocolate meio amargo Ferrero Rocher (cortei ao meio)

2 bombons de chocolate ao leite Ferrero Rocher (cortei ao meio)

4 bombons de chocolate branco e côco Ferrero Rocher

Use a foto lá de cima como referência.

 

Para todos um abraço bem apertadinho e meu obrigada, sempre.

P.s: as fotos não estão maravilhosas, mas dá para ver a ideia, né?

Téia.

Bolo de chocolate recheado de doce de leite

 

Bolo de banana, aveia e avelãs

Hello people!!!

Olha, este bolo é  fofíssimo, meio natureba, super fácil, rápido, dá para variar até não poder mais, não é ilegal, não é imoral, mas como nada é perfeito, engorda, massssss, não se prendam por isso, vale cada caloria.

A base da receita é da Glau, a rainha dos bolos, e não leva farinha de trigo, nem manteiga, mas leva açúcar mascavo, e aveia no lugar da farinha, é mesmo mais saudável que a maioria dos bolos.

Tenho certeza que se você fizer vai virar o bolo de banana preferido da sua casa, aqui em casa aconteceu isso, e olha que tinha mais de 20 anos que o meu  preferido era este aqui.

Receita

6 bananas bem maduras prata ou nanica

3 xícaras de aveia em flocos finos

1 e 1/2 xícara de açúcar mascavo ou refinado

1 xícara de óleo

4 ovos

1 colher de sopa de fermento em pó

1 colher de sobremesa de baunilha

2 colheres de chá de canela

1/3 de xícara de avelãs descascadas e tostadas picadas grossamente

Eu coloco todos os ingredientes no liquidificador aos poucos e bato bem, por último, na mão, o fermento e as avelãs.

Leve ao forno pré-aquecido em 180 a 200º até o palito sair limpinho, mais ou menos 45 minutos.

Já fiz com chocolate picadinho, com castanha do pará no lugar da avelã e já fiz com açúcar refinado, todos ficam ótimos.

Bj a todos.

Téia.

 
3 Comentários

Publicado por em 15/10/2011 em avelãs, banana, bolos, café-da-manhã, lanchinhos

 

Bolo de chocolate, iogurte e creme de leite

Queridos:

Vou confessar uma coisa: que eu me lembre, nunca tinha feito bolo de chocolate simples. Já tinha jeito brownies, banana com chocolate, chocolate com nozes e tal, mas o simplesinho ou só com um calda, nunca. É aquela minha mania de receitas elaboradas e de “invencionices”, apesar de acreditar piamente na simplicidade…

Então, de umas semanas para cá, o pessoal do meu trabalho definiu que todos os dias um de nós levaria um café-da-manhã/lanche da tarde (tem que dar para os dois períodos porque as “dragas” não são fracas não). Não precisa ser feito em casa, lógico, a única disposta a isto, sou eu. Às vezes fico pensando que as cozinheiras que trabalham fora estão cada vez mais raras (as do lar também). Ah, se eu pudesse convencer as mulheres modernas de como cozinhar é terapêutico, e de como é legal recebermos elogios por uma comidinha gostosa…Eu juro que tento, mas a adesão é mínima…

Sinto-me um pouco dividida nesta idéia, por um lado adorei, mas por outro, nem tanto.

Adorei porque era uma chance de fazer guloseimas sem comê-las sozinha ou só com o maridex, e postá-las aqui, e nem tanto, porque a balança e a saúde não estão gostando de tantos pães, bolos e bebidas açucaradas. Weel, não podemos ter tudo na vida, não é mesmo?

Já fiz bolo de banana, chocolate quente, pão integral light de aveia e mel, salada de frutas e este bolo que vos apresento. 

Como nunca tinha feito algum assim, fui na minha, e de muita gente, fonte de bolos lindos e rápidos, a linda amiga Glau, mas acabei optando por uma receita do bolo de chocolate da talentosa bora, um pouco mais elaborada (é, não perco esta mania) pois utiliza a batedeira ao invés do liquidificador, as claras são em neve (adoro bolos com claras em neve, fofíssimos) e tal, além disto, achei tão legal a explicação de como deixar o bolo fofinho…

Por fim, alterei alguns ingredientes (está em vermelho), tirei o café, dobrei a receita (e a esperta aqui esqueceu de comprar 2 iogurtes e acabei usando creme de leite fresco no lugar do 2º. Light, né?) e fiz uma calda meio-amarga para acompanhar. Nas fotos não aparecem porque levei a calda para jogar lá na hora de servir na manhã seguinte e Miltão tirou as fotos em casa à noite. Sugiro fazê-la, foi muito elogiada, aliás o bolo todo, que ficou muito macio e úmido. Ah, e pouco doce…

Vamos a receita da Dé.

Gostaram das minhas xícaras com asas de borboletas?

” 2 ovos inteiros
– 50g de manteiga (em temperatura ambiente)
– 3/4 xícara (chá) de açúcar mascavo (usei do comum)
– 1 pote de iogurte (200g)
– 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
– 3 colheres (sopa) de cacau em pó
– 1 xícara (café) de café bem forte (se tiver como fazer um expresso em casa, melhor) (não usei)
– 1 colher (café) de essência de baunilha
– 1 colher (sopa) de fermento em pó
– Açúcar de confeiteiro para decorar (usei a calda)

Para fazer um bolo fofo, qualquer que seja a receita que você vá utilizar, lembre sempre de uma dica: é preciso colocar AR dentro dela. Porque o ar é que vai servir, junto com o fermento, para impulsionar a massa para cima, ao expandir-se com o calor do forno.

Então, em cada etapa do preparo, tenha sempre em mente isso: precisamos de “ar”.

Bata o açúcar com a manteiga até formar um creme bem cremoso. Quanto mais batido, mais “ar”.

Acrescente os ovos e bata bastante. Não, não canse de bater. Você vai ver que a emulsão dos ovos vai ajudar muito o bolo ficar bem fofo. Acrescente o café e o iogurte e continue a bater. Não estranhe se, ao acrescentar o iogurte, a mistura tenha uma aparência de “leite talhado”. Isso nada mais é do que uma reação de temperatura. O iogurte gelado vai se agregar à manteiga, e por isso vai parecer talhado. Depois isso se ajusta no forno. Mas procure adicionar o iogurte e o café e bater bem.

Peneire os ingredientes secos – isso também ajuda a separar as partículas de farinha e cacau e permitir que mais ar entre em sua receita. Nossa, já temos quase uma ventania no bolo!

Junte os ingredientes secos peneirados à mistura de açúcar, ovos, iogurte e café, acrescente a essência de baunilha e o fermento e misture bem. Essa etapa deve ser feita de maneira rápida e suavemente, porque senão todo o trabalho que você teve em aerar a massa será perdido. Se tiver coragem, pode fazer isso com as mãos… isso mesmo, com as mãos, para sentir onde tem bolotinhas de farinha, sem precisar ficar mexendo e mexendo com um fouet.

Leve ao forno em temperatura máxima, em forma untada, até que o bolo cresça e, em seguida, abaixe a temperatura do forno, para que a massa “cozinhe”. Deixe assar até que, colocando um palito na massa, ele saia seco e limpinho.” O meu, com a receita dupla, rendeu dois bolos, como vocês podem ver pelas fotos, um grande e um na forma de pão (que obviamente ficou em casa).

Minha calda de chocolate meio-amargo:

1 xícara de creme de leite fresco

1/2 tablete de chocolate meio-amargo

1 colher de sopa bem cheia de cacau em pó

1 colher de sopa de manteiga

1 colher de chá de baunilha

1 colher de sopa de açúcar (ou a gosto)

Levar ao fogo bem baixinho o creme de leite até esquentar, incluir os chocolates, o açúcar e deixar derreter, no final a manteiga. Mexa o tempo todo com um fouet.

Bjs e um abração a todos.

Téia.

 

Bolo de mandioca com recheio de requeijão

Deixando de lado o sumiço, não aguento mais dar desculpas (que são sempre as mesmas, falta de tempo, correria,
doenças bobas que atrapalham, blá, blá, blá), vamos a esta deliciosa receita.

O marido vivia pedindo para eu tentar fazer este bolo que tem aqui em Bsb, feito pela Monjolo, loja maravilhosa de bolos, salgados, tortas, biscoitos e similares. Aqui é chamado de Bolo da Vovó. Tentei reproduzir e eu achei bem parecido, embora não tenha agradado muito ao homenageado. Acabei tendo de congelar um deles.

Independente de ser parecido ou não com o objeto do desejo (reitero, é parecido, sim) achei ele divino, super fôfo, leve e o recheio cremoso levemente salgadinho dá o diferencial.

Sugiro comê-lo quentinho ou morno pois o creme derrete e realça.

É um bolo que derrete na boca.

Dá vontade de comer vários pedaços com um bom copo de capuccino.

Perfect!!!

Bj a todos.

Receita
 
Bolo de mandioca com recheio de requeijão 
  
3 ovos (separados as gemas das claras)

1 kg de mandioca ralada (passei no processador) e crua

1 xícara de açúcar + 2 colheres de sopa

1 vidro pequeno de leite de côco (250 ml)

5 colheres de sopa de côco ralado (usei fresco, mas pode ser seco)

2 colheres de sopa de manteiga

1 pitada de sal

1 copo de requeijão cremoso de copo (ou 1 copo e ½ se gostar de muito recheio, eu fiz assim) Não use light

Comece tirando os ingredientes da geladeira meia hora antes de começar, no mínimo.

Pré-aqueça o forno a 180º C.

Junte em uma tigela, as gemas coadas, a mandioca ralada, o açúcar, o leite de côco, o côco ralado e a manteiga. Misture bem e reserve.

Bata as claras em neve com a pitada de sal. Quando já estiver quase no ponto, inclua as 2 colheres de sopa de açúcar.

Agregue as claras em neve de 3 vezes a massa reservada.

Unte e esfarinhe duas formas de pão. Coloque a massa, o requeijão e a massa por cima. 

Leve ao forno pré-aquecido por 40 minutos em 180ºC, depois por 10 ou 15 minutos em 250º ou até dourar. O teste do palito pode ser utilizado, que deverá sair seco, mas observe que sairá um pouquinho úmido e com requeijão.

Observe o tempo, meu fogão  é de 6 bocas, conseqüentemente, o tempo pode mudar se for de 4 bocas, ou até de forno para forno.

Achei o tempo longo, pois nunca tinha feito bolo de mandioca, mas como é um bolo sem farinha e fermento pode levar mais tempo. Foi mesmo 1 hora.

 
33 Comentários

Publicado por em 14/04/2010 em bolos, café-da-manhã, côco, doces, lanchinhos

 

Bolo de Chocolate com Calda – 1 Ano do Banquetes e Lanchinhos – !!!!!


Queridos amigos, leitores, seguidores e blogueiros, hoje faz 1 ano que fiz a minha primeira postagem aqui neste cantinho que tanto amo.
 
 

Foram 92 postagens, 132 seguidores, uma média de 25 comentários por post, quase 50.000 visitas, então tenho que comemorar, muita labuta, risadas, novidades, experiência, amizades, palavras doces e incentivos.


 
O blog me trouxe só alegrias, não tenho um senão, nada de negativo para falar, mas principalmente duas questões foram mais latentes: fiz muitas amizades virtuais, e algumas se tornaram reais, e uma consequência, melhorei muito na cozinha, afinal, a prática leva a perfeição (nem tanto!).
 
 
Minha intenção é ficar por aqui muitos e muitos anos, espero conseguir, aqui eu tenho meu maior e mais querido hobby, minha verdadeira obsessão, que me alimenta o espírito, a alma e o estômago faminto.
 
Em breve faremos uma mudança de layout e vou tentar colocar algo mais além de receitas, como indicação de lugares para conhecer, ingredientes diferentes e dicas extras, tudo, lógico, ligado a gastronomia que é o tema deste blog.
 
Como eu provavelmente nunca vou ganhar um Oscar, ou um Grammy, vou agradecer a todo mundo que posso agora, uhauhauahauha…
 
Quero agradecer, muito, muito, muito, de coração, todas as visitas, comentários, seguidores que vêm ler e me ver por aqui, espero poder dar algumas idéias que enriqueçam suas mesas e alegrem seus bem-querer. Voltem sempre e levem minha melhor energia, um beijo grande e um abraço apertado quando sairem.
 
As (aos) minhas (meus) amigas (amigos) blogueiras (blogueiros) que estão aí na minha lista, muitas das quais era fã ardorosa mesmo antes de ter o blog, e aquelas que conheci ao longo deste ano, quero deixar bem claro que sempre que puder irei conhecê-los, como já fiz por aqui em Brasília, fica um lampejo de esperança de que vai acontecer, algum dia. Vocês já são meus amigos, mas nada substitui um olha-a-olho, uma linda voz e um sorriso de perto. Então, até já!!!
 
Àquelas que me ajudaram, inspiraram e prestigiaram, sendo fazendo minhas receitas ou me citando no seu blog, um cheiro especial: Super Tina (a primeira a falar sobre o blog e minha primeira ídola nos foods blog), a Diva Simone (fez um brownie daqui no meu niver e me mandou uma caixa surpresa linda de viver), a espetaculosa Josy, a querida Nana, a fôfa Luciana, a doce Mari, a sis Tamy (tô esperando a publicação da tapioca, em?), a cantora Bá, a pimentinha Bia, o Dig e a Bia (meus saudosos amigos “viajandões”) as bloguerias brasilienses lindas Glau, Lê, Lu, Mari, Tata, Sarinha, Thaty e Ana Paula (minha irmã do coração) valeu meninas.
 
E UM SUPER, HIPER, MAXI obrigada ao marido. Ele é o maior entusiasta e incentivador do blog. Fotógrafo talentoso e paciente, corretor ortográfico e crítico construtivo contribui com receitas e administra o blog junto comigo, é um verdadeiro braço direito. Thank you honey.
 
E encerrando, quero pedir desculpas por não conseguir responder, nem visitar a todos que vêm aqui e me seguem, eu tento ao máximo, mas após trabalhar 10 horas por dia, tomar conta da casa, marido, cachorro, malhar, fazer unha (não fico nem uma semana sem fazê-las), cozinhar, pegar trânsito, programas familiares, badalar e etc, nem sempre me sobra tempo ou disposição. Aos poucos, eu tento aparecer, deixar um oi, me incluir como seguidora, incluí-los na minha lista de favoritos, mas nem sempre consigo, tenham fé, um dia chego lá, enquanto isto, me perdoem. Ser perfeita não faz parte dos meus objetivos, mas posso tentar…
 
 
Para comemorar, um bolo, como não podia deixar de ser, receita da Si do Chocolatria e a cobertura do cupcake da Tina do Trem Bom, um bolo de chocolate fofíssimo e uma cobertura cremosa, uma mistura perfeita de duas pessoas que admiro e gosto demais. Só podia dar em uma receita maravilhosa.
 
 
Ingredientes: (Fiz meia receita)

400 g de farinha
250 g de açúcar refinado
100 g de açúcar mascavo
50 g de chocolate em pó (coloquei o chocolate completo)
2 colheres (sopa) de fermento
1 colher (sopa) de bicarbonato de sódio
1/2 colher (sopa) de sal
175 g de manteiga sem sal, derretida e fria
125 ml de óleo de milho (ou outro vegetal)
300 ml de água gelada
3 ovos
142 ml de creme de leite
1 colher (sopa) de extrato de baunilha
 
Modo de Fazer:
Pré-aqueça o forno a 180ºC. Em um recipiente grande, misture a farinha, os açúcares, o chocolate, o fermento, o bicarbonato e o sal. Em outro recipiente, misture os ovos, o creme de leite e a baunilha. Com uma batedeira, misture a manteiga derretida e o óleo de milho até que se misturem, em seguida adicione a água e os ingredientes secos. Misture devagar. Adicione a mistura com ovo, e misture novamente. Coloque na forma untada e polcilhada previamente, usei Asse o bolo por cerca de 45 minutos no forno a 180ºC e deixe que esfrie em sua forma por 15 min antes de retirá-lo.
 
Cobertura (Ganache):

65g açúcar
½ colher chá suco de limão
40ml água
150ml creme de leite fresco
200g chocolate ao leite, picado em pedacinhos

1/4de xícara de avelãs picadas grosseiramente para jogar por cima

Preparo do ganache:

Coloque o açúcar, suco de limão e água numa panelinha e leve ao fogo médio mexendo até o açúcar se dissolver. Depois deixe no fogo sem mexer por uns 3-4 minutos, até ficar com um caramelo. Retire do fogo, vá derramando o creme de leite aos poucos mexendo com um fouet para não talhar. Depois coloque o chocolate e leve de volta ao fogo mexendo sem parar até ficar homogêneo. Retire do fogo, deixe esfriar. Você pode deixar no fogo até ficar mais grosso para cobrir o bolinho com um saco de confeiteiro. Se preferir um pouco mais mole, so espalhe por cima com uma espátula e deixe endurecer. Jogue as avelãs por cima.

 

Bj a todos.
 

Bolo Triplo de Limão depois de um dia doce

 

 

Após um dia tão lindo quanto o Dia das Mães, esta receita de limão bem azedinha, por ter o limão três vezes, nem seria apropriada, masss, como eu não sou chegada a estes detalhes, resolvi postar este lindo bolo, cujas fotos eu tirei, e não o maridão, e que é muito fofinho e refrescante.

Conselho? Não exclua a cobertura, ela complementa totalmente o bolo e não leva nem 2 minutos para ser feita. Já que ajoelhou, agora reza…
 
Não sei se já perceberam, não sou muito de fazer e nem de comer bolos. Aqui no blog, por exemplo, só tem 4, sendo um deles um muffin, os famosos bolinhos, e uma torta, mas os limões do meu jardim estão lindos e muitos, então, no final de semana tive que usar a imaginação, fiz cocada com limão, mousse de limão e limonada, depois virão as receitas…e o bolo ficou ótimo…enjoy…
 
Peço desculpas pelo sumiço, para variar uma virose me tirou o ânimo, mas já estou de volta.
 
Aproveito e desejo sempre o melhor para todas as mães que me visitam, um abraço quentinho e um beijo estalado em todas.
 
 
Ingredientes
 
2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de acúcar
150g de manteiga
4 ovos
1/4 de xícara de suco de limão
1/2 xícara de leite
1 colher de sobremesa de raspas de limão sem a parte branca
1 colher de sobremesa de fermento em pó
 
Bata na batedeira  as gemas, a manteiga e o açúcar até ficar clarinho, acrescente a farinha e intercale com o limão e o leite até ficar homogêneo. Desligue a batedeira e acrescente as raspas e o fermento. Bata as claras em neve e acerscente delicadamente à massa.
 
Coloque em uma fôrma untada e esfarinhada grande e leve ao forno pré-aquecido por 30 a 40 minutos, dependendo do forno, até o palito sair limpo. Espere esfriar e desenforme. Jogue a cobertura.
 
Cobertura:
1/2 lata de leite condensado
1/4 de lata de suco de limão ou a gosto
1 colher de chá de raspas de limão
 
Coloque os ingredientes em uma recipente fundo e  mexa com um fuet (batedor) até ficar cremoso. Jogue sobre o bolo e enfeite com as raspas. 
 
Azedinho…hummm…
 
36 Comentários

Publicado por em 12/05/2009 em bolos, café-da-manhã, doces, lanchinhos, limão

 

Muffin de Banana, Chocolate e Castanha

Faz tempo que estou namorando esta receita, até porque nunca tinha feito muffim, e ela reune todos os ingredientes que amo, ainda mais em bolos e bolinhos: banana, chocolate, canela e castanha.

 Receita maravilhosa, diga-se de passagem, o muffim fica muuuito fofinho e o gosto fantástico. Só podia ser da minha amiga-diva Si do Chocolatria, que pegou a idéia da minha querida vizinha Lê do No Calor do Fogão. Fiz umas alterações, porque sagitariana, é tudo opnativa, é fogo…igual ao signo… Coloquei-as em vermelho. Deu super certo, claro, vindo destas duas, perfeito….

Post curtinho porque a correria está grande.

 Estou com alguns desafios das cozinhas amigas para fazer, não esqueci de maneira nenhuma, apenas a correria me atrasa, mas na próxima semana pretendo postá-los. Queridos, não se aborrecem, já vai.


 Muffim de banana, canela, chocolate e castanha


 Ingredientes:

 300g de farinha de trigo com fermento (usei a farinha comum e 3 colheres de chá de fermento em pó)

1 colher (chá) de canela em pó (coloquei 2)

115g de açúcar mascavo

240g de bananas bem maduras, esmagadas (coloquei 4 bananas médias)

60g de manteiga sem sal (coloquei 100g, a Si falou que grudou na forminha e era para aumentar) 

2 colheres (sopa) de mel

125g de leite

2 ovos

100g de amêndoas torradas, picadas grosseiramente (coloquei castanha-do-pará)

120 grs de raspas de chocolate branco e ao leite (coloquei chocolate meio-amargo)

 Cobertura:


1 colher de sopa de açúcar branco

1 colher de chá de canela

Modo de preparo:
Preaqueça o forno a 210oC e prepare as forminhas de muffin 
(a minha receita rendeu 12 muffins grandes).


Em uma tigela grande, misture a farinha, a canela e o açúcar. Reserve.Numa panelinha, despeje o mel e a manteiga e leve ao fogo mexendo sempre, até que derretam. Deixe esfriar. Enquanto isso, numa tigelinha, bata os ovos e o leite com um fouet. Faça uma cova no centro dos ingredientes secos e despeje dentro os ovos batidos com o leite e o mel derretido com a manteiga. Misture só até incorporar. Acrescente o fermento e as castanhas e misture um pouquinho mais.Com o auxílio de uma colher de sopa, despeje a massa nas forminhas até ¾ da capacidade. Usando uma peneirinha fina ou uma colher apropriada para este fim, polvilhe a mistura de açúcar com canela sobre os bolinhos. Leve ao forno por cerca de 20 minutos ou até que eles passem no teste do palito. Deixe que os muffins esfriem por 5 minutos antes de retirá-los das assadeiras.


Ficou tão lindo que até a Bebel quis comer…

Beijo a todos!