RSS

Arquivo da categoria: batata

Depois de Paris: consomê de batatas e bacon

Queridos:

Depois de uma semana em Paris (se fui pobre não me lembro, kkkk…) volto com a cabeça mais leve, a cintura mais larga, as pernas e pés doloridos de tanto andar e muito feliz de ter conhecido uma cidade tão linda e especial.

Não precisa nem dizer que comemos muita coisa deliciosa, fizemos muitas compras de comidas e produtos gourmets. Voltarei em breve com relatos à respeito da Cidade Luz e suas delícias.

Esta foi minha última receita antes da viagem. É um creme macio e substancioso, para estas noite ainda frias aqui do Planalto Central. Tem um sotaque francês, pois é receita, levemente adaptada, de uma chefe de culinária francesa, a Alice. Com este pedigree, só podia ser deliciosa.

Receita:

1/2 litro de leite quente integral

1/2 litro de caldo de legumes ou de carne

700g de batatas

3 colheres de sopa cebola ralada

1 colher de sopa cheia de manteiga

2 colheres de sopa rasas de farinha de trigo

2 gemas coadas

100 ml de creme de leite de caixinha

1/2 xícara de bacon em quadradinhos fritos (fiz no microondas, já explico*)

Sal, pimenta do reino e noz-moscada a gosto

Cozinhe a batata e bata no liquidificador (espere esfriar um pouco) com metade do caldo. Reserve.

Derreta a manteiga, acrescente a cebola e doure levemente, acrescente a farinha, doure mais um pouco e vá incluindo o leite quente aos poucos até formar um creme. Acrescente o restante do caldo, a batata, o creme de leite, as gemas, a pimenta, a noz e confira o sal. Bata novamente no liquidificador. Salpique o bacon por cima do creme. Sirva bem quente.

*Pique o bacon em quadradinhos. Coloque no fundo de um prato fundo duas folhas de papel de toalha, adicione o bacon, cubra com mais uma folha e leve ao microondas por uns 3 minutos, a partir daí, vá observado de minuto em minuto até ficar crocante. É incrível, solta muita gordura, que fica nas toalhas de papel, e o bacon fica ótimo.

Bj a todos e já volto.

Anúncios
 
11 Comentários

Publicado por em 12/08/2010 em banquetes, batata, entrada

 

Tags:

Filé ao molho de café e batatas com hortelã

Preciso confessar que não sou fã de café. Só gosto daqueles tipos cremosos, gelados, capuccinos e afins.
 
Na verdade tenho aversão a sabores amargos, meu paladar não aceita, tento de tudo, fico querendo achar alguma receita que me faça ver que existem excessões, e isto aconteceu quando vi esta lá na minha querida amiga Silvia do Doce Casinha, fiquei super curiosa. Como confio muito no talento dela, resolvi tentar. Já de cara vi que teria que fazer algumas alterações na receita para deixá-la mais suave e adocicada. Foi uma boa decisão, pois ainda não me apaixonei, mas consegui comer e gostar.
 
Se você, no entanto, for apreciadora de sabores amargos, com certeza irá adorar, o maridão não poupou elogios. 
 
As batatas são uma versão da batata sauté, só que utilizando hortelã no lugar da salsa, para aproveitar as hortelãs do meu jardim…Uma companhia clássica para um filé..
 
 
 
Segue a receita, as minhas alterações estão em vermelho e itálico
 
Ingredientes

 
– Cerca de 1,2 kg de filé
– 1/2 xícara de vinho branco seco
– 1 xícara de café forte (preferencialmente feito na hora)
– 1 colher de chá de farinha de trigo diluída no café (coloquei uma de sobremesa)
– 1/2 caixinha de creme de leite
– 2 colheres de sopa de açúcar
– 1/2 xícara de caldo de legumes
– 1/2 cebola cortada em pérolas (pedaços grandes)
 
Modo de fazer
Coloque um pouco de óleo ou azeite na panela, coloque a carne e a cebola para fritar, quando a carne estiver dourada e com bastante água, e a cebola transparente, retire e separe.
Na mesma panela, adiciona a farinha de trigo diluída no café, o vinho,o caldo e por último o creme de leite. Mexa bem para não empelotar a farinha. Deixe ferver um pouco e aí, coloque a carne de volta para que ela termine de cozinhar no molho, e assim que estiver bem molinha, está pronto. Quando for fritar a carne dá pra colocar umas cebolas para dourar também, aí a hora de retirar, retira tudo.Eu usei a cebola.
 
Boa sugestão, né não pôvo amigo????
 
Bj a todos.
 
 
19 Comentários

Publicado por em 16/05/2009 em banquetes, batata, café, carnes, cozinha amiga

 

Bife à Portuguesa – Intercâmbio Culinário

 


Acho que nunca falei aqui, mas sou descendentes de portugueses, motivo pelo qual tenho grande vontade de conhecer este país tão maravilhoso. Infelizmente, ainda não consegui conhecer a Europa, mas, com toda a certeza Portugal estará na lista da primeira viagem, como Deus é mais, agora tem voô direto de Brasília para Lisboa, o único país na Europa, quase todos os brasililienses, portanto, fazem uma parada na querida capital lusitana.

No espírito dos ancestrais resolvi participar do Intercâmbio Culinário entre Brasil e Portugal, magistralmente comandado pelas minhas amigas queridas, e conhecidas de todas nós blogueiras: Ameixinha, Nana e Axly. Meninas lindas, parabéns, esta idéia é iluminada! 
 
 
 
Olha o banner lindo que elas fizeram com meu nome e o do blog, cheio de pimentas, como eu, pimentinha que só…kkkk…
 
 
 
Caso vocês possam participar, não titubeiem, go, go, go….é muito gratificante, não vão se arrepender.
 
Deixo aqui a minha homengem a vocês queridos portugueses, e me aguardem, um dia vou aí conhecer esta terra linda.
 
Para minha parceira foi indicada a fôfa Margarida do Figo Lampo, que é muito talentosa (de novo, não tenho culpa, ela é mesmo), elegante e inteligente.
 
Ela já saiu na frente e já postou uma das minhas receitas, um bolinho de milho e goiabada que ficou lindo demais. Arrasou parceira. Olha o banner dela também.
 
 
 
Simplesmente adorei tê-la como parceira, ela me encaminhou mais duas receitas que farei no futuro, para este desafio escolhi um prato que não conhecia e cujo nome e ingredientes resume a minha decisão. Segue receita abaixo:
Bife à portuguesa

Ingredientes

bife da vazia (filé)

3 ou 4 dentes de alho

2dl azeite

1 folha de louro

1 fatia de presunto

1 dl de vinho branco

batatas fritas às rodelas

vinagre a gosto

Preparação:

Temperar o bife só com sal. (coloquei pimenta do reino)

Numa frigideira de barro aquecer o azeite com os alhos e o louro.

Quando o azeite estiver bem quente, colocar o bife deixando fritar a gosto.

Colocar a fatia de presunto em cima do bife.

Colocar as batatas em rodelas em volta do bife.

Regar o bife com o vinho branco e algumas gotas de vinagre, e tapar, deixando ferver durante 30 segundos.

Servir de imediato.

A mudança que fiz foi a forma de preparo, pois não tenho panela de barro, e também não somos chegados em frituras, então fritei apenas com uma colherzinha de óleo e cozinhei em panela comum. As batatas fiz à parte, cozinhei com casca por 10 minutos e levei ao forno por mais uns 10 minutos em fogo alto para gratinar, com um fio de azeite e sal, em fatias grossas, sem tirar as cascas. Fiz uma caminha no prato e coloquei o bife com presunto por cima. Claro que dobrei a receita. 
 
Ficou ótimo, gostamos. Obrigada Margarida.
 
Bj a todos.
 
Téia.
 
 
 

Receitas a Pedidos – 4ª da série – Bacalhau com Três Purês de Batatas e Pimentão Assado

Esta receita é digna de um banquete. Modéstia a parte, claro. Hehehe…

Ela é uma sugestão para um colega de trabalho muito querido, que está com um bacalhau mofando no congelador, esperando uma receita aqui do blog. Fala sério, este blog está muito chique, né?
A referida receita leva purê de batata-doce, batata-inglesa e batata-barôa, camadas de bacalhau e um pimentão vermelho assado delicioso.

É um bocado elaborada, por isto, façam em um dia de muita inspiração, quando quiserem agradar muito ou arrasar na ocasião. Na receita dou umas dicas para agilizar um pouco o preparo, porque hoje em dia, tempo, realmente, é dinheiro.
Foi a ganhadora de um concurso de melhor receita de bacalhau, há alguns anos atrás, para a Páscoa, se não me engano, do Fantástico.
Vitória merecida ficou delicioso, colorido, diferente e requintado.

Alterei a quantidade de alguns ingredientes, inclui apenas 2 a mais e utilizei alguns na versão light, mas foi só.
Ingredientes (6 pessoas):

Bacalhau e purês:
1,5 kg de bacalhau cozido, sem pele, sem espinhas e dessalgado
600g de batata doce
600g de batata inglesa
600g de batata barôa
1 vidro de leite de côco (usei o light)
2 e 1/2 caixinhas de creme de leite (usei o light)
100ml de de leite integral (ou 1/2 copo) (não tinha na receita)
sal e pimenta-do-reino a gosto

Pimentão:
3 pimentões sem pele
3 dentes de alho picados
3 colheres de sopa de azeite
sal a gosto
Cobertura:

1/2 xícara de queijo ralado (não tinha na receita)
1/2 xícara de farinha de rosca

Modo de preparar o pimentão

Leve o pimentão ao forno quente para assar. Aos poucos o pimentão começa a soltar a pele, tire do fogo e descasce os pimentões. Corte em tirinhas, tempere com o alho, o azeite e deixe na geladeira para pegar gosto por pelo menos 1 hora. É mais ou menos o tempo que leva para você preparar o bacalhau e os purês. Por isto, faça primeiro esta fase. Reserve.
DICAS:

1. Eu coloquei os pimentões diretamente na boca do fogo, com um garfo comprido, rodando, até eles ficarem pretos, passei na água fria da torneira esfregando com os dedos e a pele sai imediatamente. Reserve.
2. A receita diz para deixar de um dia para o outro, sinceramente, não vejo necessidade, ficou ótimo assim. Caso tenham tempo para isto, fiquem a vontade, claro.
Modo de preparar o bacalhau e os purês

O bacalhau já deverá ter sido desalgado, de um dia para o outro, trocando a água a cada 6 ou 8 horas. Desfie-o grosseiramente e tire as peles e as espinhas. Refogue, rapidamente (aproximadamente por 5 minutinhos), com 3 colheres de azeite, pimenta-do-reino a gosto.

Cozinhe em água e sal, separadamente, os três tipos de batatas. Passe-as no espremedor, também separadamente. Nas batatas doce e inglesa, acrescente meio vidro de leite de côco e 1 caixinha de creme de leite em cada, batendo bem com um batedor manual (fuet). Na batata barôa, acrescente 1/2 caixinha de creme de leite e 1/2 copo de leite integral, bata bem com um batedor manual. Verifique o sal. Não precisa levar ao fogo novamente, desde que o acréscimo dos liquidos sejam feitos enquanto as batatas estajam quentes. Vão ficar 3 purês de cores diferentes e lindas (olha na foto que bonitinho). Reserve.

Cobertura:

Junte o queijo com a farinha de rosca. Reserve.

Montagem:

Unte uma forma que vá para o forno, com azeite e farinha de rosca. Coloque uma camada de batata inglesa, 1/3 do bacalhau e metade do pimentão jogado por cima. Coloque uma camada de batata doce, 1/3 do bacalhau e metade do pimentão. Reserve algumas tirinhas de pimentão para enfeitar. Coloque uma camada de batata barôa e 1/3 do bacalhau. Acrescente a cobertura e leve ao forno prê-aquecido por 20 minutos. Enfeite com as tirinhas do pimentão reservado. Como eu tenho maçarico culinário, fiz umas tirinha queimadas, ficou bonitinho. Olha aí nas fotos as fases. Sirva bem quente.

Ufa, cansei só de escrever. Rsss…
Prometo que apesar de detalhada não é difícil e vale a pena o esforço.

Bj a todos.